Wednesday, 11 August 2010

Não sou daqui!

Lembro que eu costumava dizer isso quando ia para Jundiaí... era assim uma desculpa para ninguém te culpar por nada.. hehehe
mas hoje mais que nunca eu sinto que não sou daqui!
Eu tinha lido a noticia de uma menina que tinha sido estuprada em Abu dhabi mas nem sabia que ela era brasileira e o cara paquistânes... vi hoje no blog da Eve, veja aqui... as leis aqui são uma merda se você é estrangeiro, tipo não funciona e pronto, se você é árabe daqui sua vida não terá problemas, mas já tinha alertado agente de se que algo acontecesse (estupro, molestamento,etc) que era meio para pensar duas vezes antes de denunciar.. cuma???? pois é ou o jogo iria voltar contra você... como deve ter sido o caso dessa menina.. podem alegar que ela estava vestindo algo provocante, ou ter conversado com o cara.. vai saber.. aqui é assim infelizmente.
Hoje eu já estava me sentindo péssima por ser ramadan e tals, tava com medo de sair na rua e fazer alguma cagada sem querer e acabar indo para a cadeia, vai saber.. vou meio destraída
mas ai tomei coragem e fui ao mercado e vi várias propagandas nos restaurantes sobre a quebra do jejum e comemorar o iftar com a família e aquilo foi me deixando mais depre... gosto daqui mas sei que não pertenço e parece que o governo não faz muita questão que você se sinta local ou em casa...
tipo outras coisas se juntam, do tipo quando é jejum na religião dele eu lembro, jejuo, rezo, comento... e tal mas na minha ele nem sabe qual data, o porquê e como jejuar, isso me deixa super triste e imagino como seria se fossemos casados e fosse ramadan, como seria junto com a família dele.
a desculpa dele foi que ele não tem nenhum amigo cristão e que ele nunca morou em um país cristão...etc mas eu também não, não tenho nenhum amigo muçulmano e só agora moro em um país assim.
fico super feliz no ramadan pelos muçulmanos e tal, mas sinto super mal... talvez seja porque não fiz nenhuma amizade boa por essas bandas, é dificil ter ser melhor amigo e amor via net e passar várias horas online acaba dificultando as saidas para conhecer gente bacana...

7 comments:

Tânia said...

Fica assim não,melhora o astral,você irá acostumar.
Eu entendo que é muito difícil,mas pensa no sonho que vc realizou...

Paty said...

Oi Carol!
Ramadã é meio chato mesmo. Apesar de todos dizerem que é um mês cheio de coisas boas, infeizmente a minha evolução pessoal não permite que eu concorde muito. Como vc, eu também saí na rua me policiando para não esquecer e fazer alguma besteira para ir presa. Mas lutar contra não adianta muito. Prefiro fazer coisas que só podemos aproveitar nesta época, tipo participar de iftar... Fica tranqüila que daqui a pouco passa e a vida retorna ao normal. Ou quase isso, né? Beijo! ;)

Sâmia said...

Em 6 de maio, uma garota cristã de 14 anos, cujo nome não foi revelado, foi sequestrada e estuprada por 2 muçulmanos de 17 anos. O incidente se deu na cidade de Lahore, província de Punjab. A menor esperava por sua irmã em frente à escola onde ambas estudam quando Noman e Imran pegaram-na, ataram sua boca e a colocaram numa moto. Após drogarem a menina, abusaram sexualmente dela. Em seguida, deixaram a garota ainda inconsciente numa rua nas proximidades da escola. Os dois jovens foram indiciados por sequestro e abuso sexual e detidos dia 26 de maio.

Fonte: Revista Portas Abertas Vol 28, Nº 8, pág. 16

Já imaginou, que barra?! Nessa mesma revista tem uma reportagem com Mosab Hassan Yousef, filho do xeque palestino Hassan Yousef, um dos sete fundadores do Hamas, que infelizmente é uma realidade na palestina... e tudo que é muçulmano nos interessa aqui no blog, né?

Carolzita, se você quiser ver a entrevista dele está no youtube, em 3 partes... vou deixar aqui o link da parte 1 e as outras você vê no youtube... Bjssss....

http://www.youtube.com/watch?v=i4_pM_SuhuU

Carol said...

saiu no globo.com:
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2010/08/adolescente-brasileira-condenada-por-sexo-consensual-em-abu-dhabi.html

Os advogados da garota solicitaram que o paquistanês fosse acusado de "estupro estatutário". Estupro estatutário é similar ao "estupro presumido" previsto no Código Penal brasileiro: quando a mulher não é maior de 14 anos, a violência é presumida, mesmo que haja consentimento. Em muitos países, a adolescente seria considerada menor de idade para ter uma relação sexual, mesmo consensual.

Mas nos Emirados Árabes Unidos, pondera a reportagem do "National", crimes relacionados ao sexo são analisados de acordo com a sharia, lei islâmica, segundo a qual os acusados que já passaram pela puberdade são julgados como adultos.

Iseedeadpeople said...

Afe, Carol, compartilho da sua revolta. Estes dias na casa dos pais do meu marido, todos me tratam como uma boneca, uma peca decorativa apenas, cujo unico objetivo da vida eh ter filhos, cozinhar e se enfeitar.To de saco cheio, quero voltar p minha vida ocidental logo, pro nosso Brasil q muita gente fala mal, mas comparado com estas merdas de paises asiaticos, eh um paraiso.

No Brasil eu sou LIVRE. Sera q esse povo sabe o q significa isso???

Proteste e Declare Amor! said...

Olá! Você é a Carol que comentou recentemente no meu blog? Se for, obrigada!Se não for, parabéns pelo seu blog. Ah! Quando essa sensação de não pertencimento baixar põe um fone no ouvido com uma música bem brasileira,tá?
www.moniquebrasil.wordpress.com

Ursinhu da Juh =] said...

Ai Carol estou meio que em uma crise como a sua =[. Eu até aproveito pra fazer jejum junto,afinal em meio a tantas diferenças que casais como o nosso ja tem cultivar o minimo de semelhança nao é nada mal e tambem porque os cristaos tambem deve jejuar, temos como exemplo o proprio Jesus, mas quando agente para pra pensar puts... a sensação de peixe fora d'agua , ou de et alienado é dimais...
Acho que mulher tem dessas coisas, de repente a razão baixa nas nossas mentes de uma forma que fica complicado, ainda mais com nosso instinto de ficar projetando tudo pro futuro =[.


Bjuuu
Fica com DEUS =]

Followers

Search This Blog

Loading...