Tuesday, 3 July 2012

Pensei em desistir

POis como na vida é fácil ainda mais quando se envolve um Paquistanês muçulmano e uma Brasileira católica...

Parece que quando se quer fazer a coisa certa ainda é mais complicado!
Quero muito a benção da minha igreja... quero muito ter mais essa conquista, mas como tudo foi complicado esse passo também está sendo
começou tudo de novo a junta de documentos, traduções, NOC, etc
A igreja Católica exige bastante! ufaa, é curso de noivos (que já dificil ao passo que ele não fala português) vamos fazer aqui em Dubai, e depois necessitamos outro NOC para levar tudo traduzido para o Brasil para que o Bispo de lá aprove o processo... tudo isso num curto tempo pois o casamento está marcado para esse ano e os preparativos já fazem doer o meu estomago...

Sou religiosa e para mim é importante esse passo, sem isso eu por exemplo não posso comunhar na missa pois sou casada somente no civil e no religioso da religião dele.
è também sinto muitaaaa falta dessa benção na minha vida, falou aquele momento, a promessa no altar, a presença de amigos e familiares, a festa brasileira, ....
faltoou e isso faz falta pra nós,..

existem outras coisas complicadas nesse processo,  como se já não bastava a papelada, de novo a religiao fica entre nós
existem partes na cerimonia religiosa que fica assim, digamos... meio contra a religiao dele
primeiro esse curso de noivo que o dia todo numa sexta feira do ramadan....e tem também o juramento na frente do padre no dia do casamento que temos que dizer que iremos educar nossos filhos na fé católica...e ainda mais uma parte que se fica de joelhos no altar para receber a benção... o mulçumano aqui está piradex... não quer fazer nada disso...
tentei muti jogo de cintura e em algumas partes ele cedeu em outras espera pela resposta de vários sheikhs..
nunca quis que ele fosse contra a religião dele de forma alguma, e nunca me sentia bem se isso acontecesse...
mas se ele não puder fazer eu não poderei fazer nada, não posso deixar que religião fique entre nós, mas eu cedi em várias coisas e fiz tudo na cerimonia dele, nosso casamento no Paquistão que havia sido um desastre eu mereço um casamento calmo e abençoado dessa vez para ver se as coisas vão pra frente
e ele já avisado.... se não puder fazer a cerimonia pra mim chega ao fim da linha!

9 comments:

Star said...
This comment has been removed by the author.
Glá said...

Ai, ai ai...tô prevendo confusão por aí. E espero que o amor vença no final!!

Mas que saco essas coisas de religião...

Carol said...

pq eu sou catolica e quero me casar na minha igreja

Flor said...

OI! Realmente esses temas de religião são muito complicados porque vão além do amor que vocês sentem um pelo outro... mas se Deus quiser você vai ter o seu casamento lindo no Brasil! Tô aqui na torcida! Bjs!

Paquistanesa said...

Carol, desistir nunca! Vai dar tudo certo, pense positivo!

Um beijo

Fabis said...

Oi Carol, não desista não.. Insista bastante para o casório na igreja. Você tem todo o direito de querer comemorar esse momento com sua família e amigos também... E a benção do Senhor Jesus na igreja, é mais que necessária. Vc já lutou bastante por ele, tá na hora dele também fazer. Pelo que tenho percebido, é sempre a mulher que se esforça e se sacrifica. Tenho um caso parecido com o seu, mas estamos separados agora. Eu cristã e ele muçulmano, depois de 3 anos e 1 encontro, tivemos que nos separar... Ma está tudo nas mãos de Deus. Se for da vontade do Pai, então nosso relacionamento será abençoado e não um campo de batalhas.. rs Religiões diferentes é mto difícil mesmo, mas Deus ajuda. De qualquer forma, o Senhor em primeiro lugar e tudo o mais é acrescentado :) Deus te abençoe! Ore bastante!!

Andréia Mara said...

hey, tudo bem? Tambem sou católica praticante casada com um muçulmano árabe, praticante. Ele diz não ter nada contra o casório, e espero que tudo continue assim. Quanto a papelada, minha paróquia simplificou, entretanto, tivemos outros empecilhos que nos impediram de viver esse momento único e santo. No entanto, cabe salientar que seu processo não será o mesmo do convencional, sendo que pelo Catecismo da nossa igreja o casamento, alem de seguir um rito diferente do convencional vai ser direcionado ao ente Católico presente, ou seja, você. Trocando em miudos, quem casa é você e não necessariamente vocês. Pra tu ter idéia e não dando má idéia para nenhuma marido, se for o caso, após a conversa com o padre e o bispo e estando todos de comum acordo, a cerimonia é na tua casa e não precisa, necessáriamente, ter a presença do noivo :( chato né! Tirando a burocracia, nossa igreja é massa. Paz e bem! Muita saúde e paz. Bj da família Farjallah

Nadja said...

Estou torcendo por você e para que tudo dê certo e que a paz prevalece entre as religiões! Espero que vocês sejam uma história de sucesso sempre... que nos inspirem a todos a saber como lidar com as diferenças, Ao menos até agora, cada dia seu tem sido assim tenho certeza!!!
Estou na torcida!!!

Mel said...

Carol vc é super!!!Eu acho lindo e valiosissimo a sua determinacao,essa sua coragem e animo pra nunca desistir de seus sonhos e vontades.Vc esta certissima e fazendo tudo como se deve.Dando tempo ao tempo,aos poucos sua historia com o Wagas esta se tornando muito mais que uma bela historia de amor,mas uma bela historia de vida mesmo.Vai ser tudo lindo no seu casamento,Deus nao ve cara e sim coracao,seu marido estara la,ajoelhado diante do Deus em que ele cre,independente de onde estamos,nossa fe é invisivel e sentida só por Ele.Estarei torcendo muito como sempre,beijos!!!!

Followers

Search This Blog

Loading...