Saturday, 2 April 2011

Em quanto isso.. em Madrid

Eu acordei eu pensei, bom já que tenho férias e não vou me casar agora então vou para Madrid!e vim..
hehehehe
aqui é lindo, assim comparo com Roma, tem muitas atraçõessssssssssss, eu sou do tipo que me canso fácil, existem poucos lugares no mundo que eu moraria, somente cidades grandes com muitas atividades me chamam a atenção, do tipo Roma (mas não para morar, porque os locais são muito estressados com o grandeeee número de turistas), Paris, Nova Yorque, São Paulo, e Madri =) para mim Milão e Sydney são meio chatinhas hauhaauhau para falar a verdade a Australia inteira é chata! caipira e entediante hehehhe dois dias já tinha visto tudo, as coisas fecham cedo.. etc
Madrid tem muitasssssssssss atrações, tennho saido todos os dias e não consegui ver tudo ainda, mas meio que cansei de ver museus e estátuas ahuhauhuahuah mas é tudo muito lindo, a arquitetura, as casas, as ruas, verde, flores, limpa, reciclagem, ...
adoro, depois ponho fotos
eis algumas dicas que peguei na net caso você esteja pensando em vir para cá:
É a sua primeira vez em Madri, e ainda será em uma viagem com muitos destinos! ok, vamos supor que você tenha 48 horas na capital espanhola. Eu começaria pelo ponto neurálgico de Madri – a Puerta del Sol. Aqui você verá o urso, símbolo de Madri. E o Km 0 de Espanha, deste lugar se medem as distâncias das estradas nacionais. E também é um ótimo lugar para comprar souvenirs a bom preço! Da Puerta del Sol caminhe até o Palácio Real. Visite o palácio com uma visita guiada em espanhol, não se cobra nenhum adicional por este serviço. A tarifa normal é 10€, e para estudante custa 3,50€. Normalmente tem fila, mas não esquenta, a fila anda rápido!
Depois desta visita escolha um restaurante com menu para almoçar, a oferta em Madri é impressionate! Já está renovado? Então chegou a hora de ver uma das obras-primas de Picasso: Guernica (UAU!) Vamos até o Museu Nacional Reina Sofia, e sabe o melhor, sábado (domingo de manhã também) à tarde a entrada é gratuita (nos demais dias custa 6€, e 3€ para estudantes). Se ainda estiver disposto, ao sair do museu, atravesse a rua lateral ao museu e visite a Estação de Trens de Atocha, uma estação?? Sim, mas tem um paisagismo tropical em seu interior que é de babar!!!
À noite, você pode assitir a um musical (estilo Broadway), ir a Cava Baja (região do centro histórico repleta de bares) ou simplesmente descansar. Mas seria uma pena não aproveitar um pouquinho da noite madrilenha. E no final da noitada deveria saborear um chocolate com churros.
No dia seguinte, poderia tomar um café da manhã na bonita Plaza Mayor, e ir caminhando até o Museu do Prado. Não deixe de ver “As Meninas” de Vélazquez e as pinturas de Goya e Bosch. As lojinhas do Prado oferecem muitos souvenirs interessantes. Ao sair compre um sanduíche (bocadillo), uma garrafa de vinho e vá fazer um pic-nic no Parque del Retiro, que fica atrás do Prado. Ah! No domingo a entrada ao Prado é gratuita, das 17:00 às 20:00 horas, e durante a semana (de terça a sábado) das 18:00 às 20:00 horas (Nos demais dias e horários custa 6€, e 3€ para estudantes).
Se você visitar Madri de março a outubro, poderia pela tarde (domingos e alguns dias da semana durante certas festividades) ir a uma tourada na Plaza de las Ventas. O metrô te deixa na porta da praça de touros.
Se você é louco por futebol, quem sabe neste dia o Real Madrid jogue no Bernabeu. O estádio em si já é um espetáculo que pode ser visitado nos dias em que o time não joga. Você poderá até tirar fotos no banco de reservas.
Se o teu negócio é arte, então complete a trilogia museística do paseo del Prado, com o outro grande . Thyssen. E se for visitar os três grandes em horários distintos às entradas gratuitas compre o bônus – “Paseo del Arte”, que custa 14,40€ e dá direito a visitar aos três museus (Prado, Reina Sofia e Thyssen).
Se você quiser apenas caminhar por Madrid, pegue a Gran Via (uma rua enorme) e cruze caminhando, desde a extremidade do paseo del Prado, suba pela Praça de Cibeles e vá até a outra extremidade – Praça Espanha. Aí você verá o Templo de Debod, que foi um presente do Egito a Espanha. Porque os espanhóis ajudaram a salvar o templo de Abu-Simbel das inundações ocasionadas pela construção da represa de Asuán.
1. Ir ao Museu do Prado. Este museu, situado em pleno coração de Madrid, no Paseo del Prado, acolhe, nas suas instalações, as obras dos principais artistas espanhóis e europeus dos últimos séculos. Para além de uma infinidade de obras de outros artistas, no seu interior encontram-se quadros de Goya, Monet, El Bosco, Picasso.

2. Gosta de futebol ? O Santiago Bernabeu e o Vicente Calderón são os dois estádios dos principais clubes de Madrid: o Real Madrid e o Atlético de Madrid. Informe-se acerca da possibilidade de, na época em que vier a Madrid, poder assistir a um bom jogo da Taça dos Campeões Europeus ou da Liga Espanhola.

3. Visitar a Puerta del Sol. Lugar emblemático para todos os espanhóes, este lugar é onde todos os anos são tocadas as 12 badaladas que dão as boas-vindas ao Ano Novo.

4. Ir à Gran Vía. É um local de ida obrigatória, o coração do lazer na capital espanhola. Cinemas, teatros e restaurantes misturam-se nesta artéria da capital.

5. Passeio pelo Retiro. O Parque del Retiro é um autêntico pulmão de Madrid, um parque em cujo interior pode fazer um agradável passeio. Não se esqueça de visitar a Casa de Cristal e o Palácio de Velázquez.

6. Visitar a Plaza Mayor. É um dos emblemas da cidade, com as suas esplanadas e os seus vendedores ambulantes. Cuidado com os carteiristas e com os amigos do alheio... Tirando isso, se for um dia de sol, este é um marco que deve ser visitado.

7. Ir ao Templo de Debod. Na zona do Palácio do Oriente, em direcção à Calle Ferraz, encontra-se o Parque del Oeste, em cujo interior se situa este magnífico templo, a partir de onde pode admirar a parte histórica de Madrid, vista de cima.

8. San Isidro é o Padroeiro de Madrid, cuja memória é recordada no dia 15 de Maio. Não se esqueça de, nesta data ou em qualquer outra, visitar a parte antiga de Madrid, de forma a conhecer a parte mais castiça da capital.

9. Ir às compras. Consoante os gostos, pode optar por ir à Calle Serrano, onde há grandes marcas a grandes preços. Para bolsas mais modestas, a Calle Fuencarral oferece roupa da última moda, com preços mais acessíveis.

10. Volta das tapas e das "cañas". Em Madrid, um domingo pode ser um dia muito proveitoso. Pode começar em Santa Ana e em La Latina a chamada Ruta de las Cañas e Tapas, e terminar em Tirso de Molina, visitando o Rastro de Madrid.


..................
piada interna: Señora quiero uns tapas por favor =)
hehehehe


estou acá a pensar na vida, e funciona!
faz bem para a mente viajar sozinha e ter férias
dale!

7 comments:

Lau* said...

Que bom :)
Tb tou a precisar de umas férias lol

bjinhos

Jaqueline said...

Estive pela primeira vez em Madri para passar o último Reveillon e AMEI a cidade e já avisei minha prima que o sofá dela está reservado em Junho, porque eu quero muito voltar lá no verão.
Amei as ruas cheias de gente e vida e a arquitetura da cidade é maravilhosa. Voltaria lá mil vezes.
E que bom que vc curtiu. Faz um BEM curtir as coisas boas da vida!
Beijossss

♀♥Kiara ♥♀ said...

Que fina! É um roteiro e tanto! Falam que Madri é linda, mesmo!


Mas e o governo da Espanha, está mais maleável com os brasileiros? Como está a situação??

Bjossss e aproveita HORRORES! Fica como despedida de solteira rsrsrs

Aisha said...

Oi!!
Realmente Madrid é muito lindo!
Quando eu fui passei tão pouco tempo e tinha tantas coisas legais que eu poderia fazer que eu fiquei perdida! rsrs
Imagino que vc deve estar aproveitando pra caramba!

Bjs

Luiza said...

Me senti em cada lugar que vc descreveu!!! Perfeito!!! Que bom Carol que vc está curtindo e as férias, descansando e colocando os ponteiros em ordem.hehehehe
Fique com Deus!

beijos
Luiza

Carol said...

num falaram nada na imigração, pegaram o passaporte e bateram a estampa.. somente
foi facil

priscila said...

Anotei as dicas! Obrigadaaa :) Btw adorei suas fotos em Madrid!

Followers

Search This Blog

Loading...