Tuesday, 15 December 2009

Sobe para 18 número de mortos em ataque em mercado no Paquistão

da Folha Online

Um novo balanço do governo local aumenta para ao menos 18 o número de mortos na explosão de um carro-bomba que atingiu nesta terça-feira o mercado de Dera Ghazi Jan, centro do Paquistão.
A explosão destruiu várias lojas e há muitas pessoas presas sob os escombros. A agência de notícias Associated Press já fala em 22 mortos e cerca de 70 feridos.
"Ao menos 18 pessoas morreram e 35 ficaram feridas pela explosão no mercado", disse o responsável de saúde do distrito de Dera Ghazi Jan, Pervez Haider. "Declaramos estado de emergência e o hospital está cheio de pessoas em busca de familiares".

A explosão foi registrada perto da casa de um ministro do governo da Província paquistanesa de Punjab. Segundo uma fonte oficial do município, o alvo era o conselheiro do ministro chefe do governo provincial, Zulfiqar Khosa.
Segundo o oficial da equipe de resgate Natiq Hayat, a explosão deixou uma grande cratera do lado de fora da casa de Khosa, além de causar o desmoronamento de duas filiais bancárias.
Khosa saiu ileso, pois não estava no local. Ele é um importante membro da Liga Muçulmana do Paquistão-Nawaz (PML-N), que governa na Província do Punjab.
Citado pelo canal Dawn TV, Khosa disse que foi um atentado com um veículo carregado com explosivos, que foi lançado contra seu domicílio. Diversas fontes policiais disseram, contudo, que a residência do político quase não foi danificada.
O atentado ainda não foi reivindicado, mas a grande maioria dos ataques que deixaram mais de 2.700 mortos no país desde 2007 foi cometida pelo Movimento dos Talebans do Paquistão (TTP), aliado da rede terrorista Al Qaeda.
Em comunicado, o primeiro-ministro do país, Yousuf Raza Gillani, condenou a ação terrorista e ordenou às autoridades que ofereçam a ajuda necessária para assistir as vítimas.

1 comment:

Mishal Zohaib said...

Parece q foi pertinho de Multan esse atentado...afffff...q medo!

Followers

Search This Blog

Loading...