Wednesday, 25 March 2009

Ele vai se Casar com Outra...

Tenho recebido muitos e-mails e também conheço várias estórias que se acabaram do mesmo jeito: Ele se casando com Outra...

Carolzinha...lá vem eu chorar de novo....Eu estou arrasada de verdade....ELE VAI CASAR...a Mãe dele arrumou um casamento para ele...Do you believe????Não posso cobrar nada, não posso assumir essa relação, mas saber disso foi o fim p/mim...disse à ele que sou a última pessoa que pode cobrá-lo de alguma coisa, mas o que é que eu posso fazer????Estou mal, depre desde 2ªf e nínguem merece escutar isso e à noite chegar em casa, sentar no sofá do lado do marido e ver o casamento do Raj que no final vai para o quarto com a esposa, mesmo gostando de outra....Ah, Carol, não posso fazer nada p/mudar isso, estou enlouquecendo....Como eu queria poder pegar um avião e ir p/lá impedir isso, e ele me fala que se eu for ele enfrenta a família p/ficar comigo...mas como?????Talvez ele me fale isso porque sabe que eu não vou, mas também se ele não tivesse nenhuma intenção, ele não precisaria me contar nada concorda???Eu não estou lá p/saber, ele poderia me esconder isso a vida toda.....Que situação essa na minha vida amiga.....,



Quem tem um relacionamento à distância e/ou com uma pessoa de outro país pode ser que tenha essa pulga atrás da orelha: Com quem ele(a) estará agora?
Mas as coisas apertam quando se existe uma coisa chamada Casamento Arranjado(arranged married)...
Para quem não sabe o casamento arranjado funciona da seguinte maneira: Alguém da família, pai ou mãe geralmente, arrumam uma noiva(o) para o filho(a), e na maioria das vezes é com primos de terceiro grau para cima, ou alguma família próxima, porém com primos é o mais comum, eis dai que chamamos as primas Paks de bitchs, sempre de zoião nos moços para um futuro casamento (depois falarei dos possíveis problemas que os filhos terão).

Bem mais ou menos o que está acontecendo na novela, Raj se casando com Maya por vontade dos pais...
Quem nunca teve medo que seu Pak estivesse prometido? O que tivesse medo de contar?
Ou até mesmo ser casado e te ter como outra? Bom, isso já aconteceu várias vezes, com 2 amigas minhas, que às vésperas de se encontrar com seus amores acabaram sabendo que os safados eram casados! aff Ou ele fica te enrolando e depois se casa com outra! simples?


Até que ponto podemos confiar?
Por isso eu digo: preste muita atenção,
Não vá se entregando de cara,
Façam planos veja como ele reage,
Peça para ver a família dele,
Faça contato com primos e irmãos dele,
Saiba que tipo de compromisso ele quer,
Não se iluda com um Eu te amo ou Quero me casar com você, isso pra eles é algo básico, vê uma moça interessante eles já dissem que querem se casar, como se fosse quero te beijar...
Analise muito bemmmmmmmmmmmmmmm se vale a pena passar muito tempo sentado na frente de um computador e a probabilidade da família dele te aceitar. E você acha que ele iria contra a vontade da família?

Vamos ser realistas, o número de casamentos que acontece por amor lá é mínima!!!!!!!! A tradição e a cultura pernanecem, e eu confesso que pego no pé dele de vez em quanto, porque tenho um pezinho atrás hehehehhe


Mas cada caso é um caso, cabe só a você julgar..
Paras os mais interessados no orkut existem muitos tópicos e comunidades, dentro das quais eles mesmo discutem o que é melhor? Amor ou arranjado? CLIQUE

16 comments:

Marina said...

este é um tema um pouco complexo... no Egito a maioria dos casamentos é arranjado tb, mas vejo uma certa abertura para escolhas pessoais e casamentos com estrangeiras, mas tb não é em todo lugar... mas a brasileira do lado de cá não pode ficar com inocência ou medo de parecer exigente... tem que pedir sim pra falar com toda a família, ver realemnte se os horários dele batem, etc... todo cuidado é necessário.
beijos

sheila alvarenga gogoi said...

Carol, quse desmaiei de susto!!! Pensei que seu Paki tinha se casado com outra!!! Isola, tok tok tok!!!!

sheila alvarenga gogoi said...

É o q eu sempre afirmo e reafirmo no blog: a mulher tem que observar tudo, e ao primeiro sinal de ´hesitação do sujeito, deve mandá-lo PASTAR!!! Fico revoltada com a ingenuidade destas garotas (muitas nem tão garotas assim), que caem na primeira conversa furada deles!!!
Só falta essa que te escreveu, gastar seu precioso $ pra ir tomar um pé na bunda no Pakistão... enfim,tem mulher que não acorda p realidade, e quando a gente fala qquer coisa, ainda dizem que somos amargas e invejosas. Tá.

Aline said...

Fiquei triste em saber que existem pessoas que não tem coragem pro amor.

beijo

Depois dos 25, mas antes do 40! said...

Ai carol, tomei um susto. Até entender que o caso era de outra pessoa, fiquei imaginando como você estava com esta notícia!!!

Dá um up date para nós de como anda a história de vocês dois!

beijocasss

sheila alvarenga gogoi said...
This comment has been removed by the author.
Carol by Carol said...

Marina-Com certeza todo o cuidado é pouco, vai saber se o cara é um maníaco?

Sheila- hauhahauauhauhahuah aiiiiii se fosse ele.. ai ai num estaria vivo pra contar auhaahuauahuah

Aline- é verdade, mas fazer oq? é a realidade do país, nunca vão enfrentar os pais.

Depois dos 25- uahauha calmaa2
estamos bem, estou fazendo algumas entrevistas, e se Deus quiser em breve estarei do lado dele. mtooo breve Inshallah!
mas as vezes bate uma depre horrivel... choro mtoooooooooooooo quando cai a ficha.. complicado, mas esse num será o desfecho do meu blog, com certeza terá um começo e meio Feliz =)

Sheila- meu objetivo não foi esse, nçao quis expor a pessoa, até pq sempre estou disposta a ajudar, se apaixonar por outra pessoa acontence, não vamos julgar, mas espero que agora que ele vai se casar ela consiga sair dessa teia internetica e seguir com sua vida, por ela estar nesse relacionamento agora é um acumulo de mtos fatores: relacionamento desgastado, traição, rotina..
então vamos somente torcer pelo melhor,. e ainda digo mais hehehehe
ela não é única, conheço muitas, casadas, divorciadas, com filhos... etc

Annah said...

Sabe que estava conversando sobre isso com uma amiga.
Eu namorei 2 anos um rapaz de outra cidade, e a falta do convívio semanal foi muito difícil. Ainda eu que sou um tanto ciumentinha.
Mas de fato investir anos e anos em um relacionamento na frente do pc, e depois num simples, "até logo" acabar com teus sonhos, as vezes modificar sua vida inteirinha por alguém que não teve a menor intenção sincera.
Acho admirável essas pessoas que se habilitam a isso e confiam.Penso que eu não conseguiria lidar com tamanhas diferenças.

Como você e Jules dizem :)

Múah

pamella said...

Nossa.. eu quase levei um susto tambem... :D Bom... graças a deus que o seu caso é outro né carol?? o seu amor me parece ser um homem de muito criterio, já que praticamente voce vivia em união estavel com ele no paquistao.. se ele assumiu voce, e voces praticamente viviam uma vida comun juntos, isso só tende a mostrar que ele é uma pessoa de palavra :) agora, é lógico que pessoas como ele é dificil de se encontrar sim :( Rezo muito para que voces fiquem juntos novamente (no mais breve espaço de tempo possivel).. a historia de amor de voces é muito linda.. :)

Fatima said...

Carolzinha,é como vc disse,é fácil julgar as pessoas,o difícil é viver essa situação,lição de moral???Quem sou eu p/pensar em fazer isso com qualquer pessoa que seja?
Sheila,leio o seu blog e acho super legal,me surpreendi ao ler o seu comentário,é complicado estar com uma pessoa e amar outra,isso é difícil demais,mas aconteceu depois de 6 meses de muuuuuitaaaa conversa,o que eu posso fazer??A gente não pede p/se apaixonar,isso acontece com qualquer um,estou enfrentando uma barra por estar nessa situação,mas tenha certeza de que se eu tivesse $$ eu iria p/lá sim viver essa história com esse homem nem se fosse p/estar com ele 1 só vez na vida,mas valeria a pena....
Desculpe Carolzinha se ofendi alguém, não foi minha intenção, mesmo porque estava abrindo o meu corção p/vc, nem imaginava que vc ia colocar o meu e.mail no post,mas fiquei super feliz,às vezes o que aconteceu comigo pode servir para ajudar alguém...Bjs!!

Carol by Carol said...

Annah- é verdade, mas sabe que eu confio mais nele que mora do outro lado do mundo, do que confiava nos relacionamentos a duas quadras da minha casa??

Pamela- ohhh que fofa, obrigada, tudo de bom pra vc tb, creio que vc tb tenha um tipo de relação assim, então toda sorte! Deus abençoe.

Fátima- Magina, sem problema, tb não quis te constranger

sheila alvarenga gogoi said...

Fátima:

Desculpa pelo meu comentário (q até apaguei, p evitar constrangimento), ele foi fruto de uma leitura rápida e superficial.

Não conheço tua situação e é claro q não posso julgar ninguém! O problema é que sou muito "pé no chão" e acabo não resistindo em dar meu pitaco ;) O problema é q relacionamentos com inds/paks já são complicados por natureza, se tudo pra eles já é "desculpa" p não ficar junto, imagina qdo a mulher é casada! Eles são muito covardes, e vou te dizer: não confio 100% nem no meu amore. Só vou ficar tranquila qdo ele se mudar p cá e casar comigo. Do contrário, o pé atrás persiste!
Tbm não sei como anda seu casamento, nem posso falar nada! Qtas vezes eu mesma fiquei presa em relacionamentos ruins, por puro comodismo e medo de ficar sozinha!
Espero q vc consiga achar a melhor saída! Obrigada pelo seu comentário no blog!
Beijos e desculpa de novo!!!

Jules said...

Ahh pois é. O assunto cabeludo.
Acho que nenhuma de nós ficou tranquila ao extremo até conhecer bem o pretendente e saber do que ele é capaz.
Fico muito triste de saber de histórias que não dão certo... mas sempre existem casos e casos.

Pra falar a verdade, mesmo depois de todos estes anos a mãe dele ainda não sabe de mim, mas ponho minha mão no fogo por confiança no bofe. Sempre existem jeitos de se conhecer uma pessoa. E as táticas estão aí.

Mas vamos lembrar de não sair apedrejando o povo logo de cara... a gente, mais do que ninguém deve tentar entender as diferenças e lidar com elas da melhor maneira.

E não existe melhor solução do que um diálogo franco.

pamella said...

Nao, nao, nao carol.. eu nem tenho namorado! hahaha.. Eu só estou opinando aqui porque como eu vivi alguns anos na india, e mochilava (tá certo o verbo?? :P) entre o paquistao, butao, e uma vez ou outra no afeganistao, tailandia, camboja, etc, etc, etc (fala a verdade, la tudo e tao baratinho :) ).. Eu conheco digamos "o outro lado da fruta".. :D eu sei o quando muitas moças se desiludem no final das contas... E falando sobre se casar entre primos, toda regra tem exceção, nao é?? Olha só o final dessa coitadinha :(

http://infidelsarecool.com/2009/03/02/pakistan-another-woman-killed-in-the-name-of-honor/

beijossssssss pamella

Natália said...

Aconteceu comigo!

Ele casou com outra, depois de juras eternas que fez para mim. Ele voltou pro país dele, e cinco meses depois foi para o altar com outra pessoa.Me falaram que ele não queria casar, que ele tava triste. Eu não sei se acredito nisso, sei que a familia influencia muito, mas na verdade questiono sempre se ele realmente gostava de mim. Enfim hoje estou tranquila, na epoca sofri horrores,mas é a vida. O ruim deve ser se ele tiver casado com uma mulher que não se sentisse atraído, mas isso é problema dele, e eu acho é pouco rs.
Bom eu ainda sinto saudades dá pra ver né?

sameera ahlam said...

mas vcs sabiam que errado no islam o homem ou a mulher se casarem com quem eles não querem, vai contra a sunnah,é ERRADO
Salat Ul Tasbeeh
Forced Marriages Have No Place in Islam
Sheikh `Alî Bâdahdah

Allah is the one who has ordained marriage for His creatures. He has placed within marriage the blessings of comfort, love, and mercy.

"And among His Signs is that He created for you mates from among yourselves, that you may dwell in tranquility with them, and He put love and mercy between your hearts. Verily in that are Signs for those who reflect." [Sûrah Rûm: 21]

For this reason, Allah had made one of the essential pillars of the marriage contract that both the husband and the wife are willing parties to the marriage. This is the essence of the offer and acceptance in the marriage contract. It is not possible to contract a legal marriage in Islam without the willing consent of two legally accountable people of sound mind.

As for the customs and traditions that exist in some parts of the world requiring people to marry others who are chosen for them, these customs are not Islamic. No one can be obliged to follow them. No man can be obliged to marry any woman against his will. Likewise, no woman can be forced to marry any man against her will.

The Sunnah provides us with a considerable amount of evidence for the legal necessity of the consent of both parties to the marriage.

`A'ishah narrates that the Prophet (peace be upon him) said: "A virgin's consent must be sought for marriage."

To this `A'ishah commented: "But a virgin is too bashful."

The Prophet (peace be upon him) replied: "Her silence is her consent." [Sahîh al-Bukhârî]

Buraydah narrates that once, a woman came to the Prophet (peace be upon him) and said: “O Messenger of Allah, my father married me to my cousin in order to raise his social standing, but I do not want to be married to him.”

The Prophet (may the peace and blessings of Allah be upon him) gave her the option of annulment. At this point, she said: “I have already reconciled myself to my father’s decision, but I wanted it to be known that women have a say in the matter.”

[Sunan al-Nasâ’î (3269), Sunan Ibn Mâjah (1874), and Musnad Ahmad (25043) and authenticated by Shu`ayb al-Arna`ût et al in Tahqîq Musnad Ahmad (41/493)]

Though a child must generally obey his or her parents, this obedience does not extend to marrying an unwanted partner in life. Islamic Law permits a son or daughter to refuse entering into any marriage he or she is displeased with, no matter what their reason for refusing might be.

Without a doubt, it is better to refuse to get married from the outset than to place oneself into an unhappy marriage. There is no reason for the people to subject themselves to an unhappy home life or to an unstable marriage which might very well end in a stressful and messy divorce.

If a man knows that the family of his bride to be is coercing her to marrying him, then that man must himself refuse to enter into the marriage. It is not lawful for him to marry a woman he knows is unwilling. Such a marriage has a contractual defect in it, since the willing consent of both parties is part of the contractual basis of a lawful marriage in Islam – even if that marriage takes place in a court of law at the behest of the woman's legal guardian.

No one should enter into a marriage unless he or she is perfectly satisfied with it and resolved to it. The consent of both the man and the woman must be utterly free. This is the way to ensure that their married life has a good chance of happiness and not bea source of continual grief for the couple and for their respective families. Qur'an (2:225) - "Allah will not call you to account for thoughtlessness in your oaths, but for the intention in your hearts" The context of this remark is marriage, which explains why Sharia allows spouses to lie to each other for the greater good.

Followers

Blog Archive

Search This Blog

Loading...