Tuesday, 22 September 2009

Desabafo

Ele não quer se casar, e eu quero a opnião de vocês.
Explicando a estória: Há três anos e meio atrás ele disse que queria se casar comigo, isso é papo de paquistânes, mas não somente deles faz parte da cultura não ter namoro.
Bom, éramos novos, eu tinha 19 e ele 20. Tudo bem minha mãe se casou com 19, mas os tempos eram outros, e nem era aquilo que eu queria, achava tudo muito brega, aquelas coisas danças e roupas coloridas, e nunca havia me visto casando na igreja, talvez porque não havia encontrado a pessoa certa, achava importante na vida de alguém se casar e receber a benção de Deus.
Aprendi mais sobre a cultura e me interessei sobre o casamento deles, queria experimentar essa coisa nova na minha vida, ficar com quem eu amo, viver juntos etc.
Não quero morar com ele, somente juntar as "escovas de dentes", o tempo que agente morou junto no pak foi triste, porque eu queria uma coisa que ele não queria, tinhamos planos diferentes.
Ele me disse que só me falou de casamento porque tinha medo de me perder. Me senti um lixo, não há outra palavra pra descrever, ser enganada tanto tempo, querer uma coisa que eu não queria até então somente para agradá-lo.
Sempre dizia pra ele prefiro a pior verdade do que uma linda mentira, e foi o que eu estava vivendo um sonho idiota iludido que estava sendo sempre adiado... adiado.. claro que eu achava estranho, mandei ele falar com a família dele, disse que o fez. As desculpas eram assim: ainda não terminei a faculdade, não tenho emprego... depois não tenho pós graduação, não tenho uma vida estabilizada, não tenho uma casa, carro.. depois sou muito novo, você também, minha família acha que é muito cedo, ainda não estou pronto...
Quando ele desababou eu perdi o chão! Não tenho como explicar o que eu senti... queria morrer.. sem drama... foi escuridão total. (sabe o que é abandonar uma vida por alguém..? eh uma merda!)

Sabe, entendo ele, ele quer ter algo, quer ter uma vida.. mas estou muito magoada. Queria construir uma vida com ele, comprar as coisas aos poucos, mas isso não faz parte da cultura deles.

Sinceramente não sei o que eu faço: Faço o que ele quer e fico infeliz? Porque não adianta, não consigo mais esconder a triteza, ele mesmo não aguenta mais isso, só diz ok ok ok ok o que me faz me sentir ignorada e pior...
Eu quero ficar com ele, amo ele. Sabe quando você não quer ningúem mais na sua vida?
Faço a vontade dele? Cedo mais uma vez?
Tenho medo que as desculpas dele se tornem constantes... não quero acreditar nisso, mas tenho medo de ficar esperando 8 anos por nada!!!!
Já perguntei se ele tem outra, mas ele diz que não, fica irritado, diz que é por causa da famíla, porque não tem condições e tal..
É possível viver uma relação aonde as pessoas querem coisas diferentes?
Estou frustada!!!! Só queria que ele me entendesse! dá pra alguém falar isso pra ele?
poxa to sofrendo.. que tipo de amor aceita isso????? ver o outro sofrer....

16 comments:

Ana said...

Querida, eu acho difícil dar conselhos sobre uma situação que não conheço direito... mas pelo que voce escreveu, ele teve uma atitude estranha e imatura. Se ele te falou que não quer casar não fique alimentando esperanças nem colocando tua vida nas mãos dele, assim vc não consegue dar andamento na tua vida. Olha, eu teria uma conversa objetiva e definitiva, afinal tua vida não pode parar por alguem que nao demonstra o minimo de garantias e força de vontade de fazer a relação dar certo.
Fique bem, peça pra Deus te abençoar e iluminar seu coração pra saber o que fazer.
grande abraço

Carol by Carol said...

Ana obrigada
bom saber que alguem esta aquiiiiiiii

Jarid Arraes said...

Carolinda, como eu te falei algumas vezes, eu sempre vou estar aqui pra você em qualquer momento. Não conheço tão bem a tua história, só sei o que você conta vez por outra aqui no blog, mas se você precisar de mim você sabe meu e-mail e meu MSN é jaema@live.com - se a coisa tiver brabra, meu celular é (088) 96243150.

Eu não sei o que te dizer, eu tenho medo de dar MINHA OPINIÃO, o que EU FARIA e acabar colocando mais coisa em tua cabeça, ou até prejudicando alguma coisa. O que eu sei é que as coisas tem que ser definidas, porque você não merece esperar eternamente, principalmente nesse regime de distância. Se ao menos fosse algo que vocês se vissem de 3 em 3 meses, pelo menos, aí dava pra esperar... não sei, amiga.. me desculpa não falar tão diretamente, é por cautela =(

Mas tudo o que eu quero é tua felicidade, fico muito preocupada contigo, vc não merece isso...

Carol by Carol said...

pode contar pra ele que eu num mereço?
=(


vou te add
obrigada jarid

Mirelle said...

Mas o que ele quer de vc, afinal?

Carol by Carol said...

uma soluçao.. pra ficarmos juntos de uma forma legal. foi isso que ele ficou prometendo o tempo todo e agora num pode mais...


pior que tento guardar para mim, mas so me sinto pior, e quando busco ajuda dele, que claro ja superou mto bem, ele ignora, e fica so nos ok ok ok ok ok
me sinto frustadaaaaaaaaa
como eu faço para ele entender

Fatinha Serejo said...

Carol , sem palavras.Estou eternecida com seu desbafo.Conselhos de ninguém valem nesta hora, apenas ouça o seu coração, faça o que ele diz e pede.E que seja ao melhor para você.Sorte

Marina said...

Ai Carol, é triste quando alguém coloca barreiras onde elas não existem. A cultura no Egito tb é de casar qdo tudo está certinho, mas em casametnos onde a pessoa é de outro país e ainda mais se vive distante, não dá pra querer seguir tudo como se esperava... no Egito também é absurda a idéia de noivos querem construírem a vida juntos, mas foi isso que meu marido sempre quis desde o começo e não ficou com medo de fazer tudo diferente, pois nosso caso era tb diferente... então, dando minha opinião apenas, acho que vc deveria ter uma conversa bem clara para ele e botar condições melhores pra vc, sei que dá medo de perder tudo, mas talvez seja melhor do que ficar enrolando uma situação. beijos e boa sorte!

karla machado said...

Carolzinha...linda,

Como todos jah disseram é muito difícil dar opniões ou conselhos sobre a vida dos outros...Só vc, e principalmente só o seu coraçãozinho, vai saber o que é certo fazer, ou se está na hora ou não de fazê-lo.

Mas já que vc está pedindo uma ajuda, não custa tentar falar de um ponto de vista diferente...

Vc já parou pra pensar em o quão cômoda é a situação desses nossos paks? Tipo..eles estão lá ...muitas vezes virgens da vida...sabem que não tem como casar tão cedo..sabem que não podem namorar ninguém in real...então um relacionamento virtual para eles é muito cômodo...alguém em sã consciência terminaria um relacionamento estando nessa situação? eEu acho que o ponto final da relação dificilmente viria do lado de lá... portando cabe a nós decidir o que vale ou o que não vale a pena...pq eles não vão tomar essa decisão por nós...

Outra coisa...sempre na base do "eu acho" claro, quem ama não suporta ver o sofrimento do ser amado...PRINCIPALMENTE se é a própria pessoa a causa do sofrimento... EU ACHO a indiferença bastante significante...

Bom...pra resumir...baseada na atitude q seu pak está tomando eu acho que vc deve começar a planejar sua vida sem ele... tipo..não é pra terminar com ele...mas comece a viver a vida como se tivesse terminado...faça planos..trace objetivos que não o incluam...mas continue tendo contato... pra vc ir se "desviciando" dele pois eu acho que ele não está mais viciado em vc..a idéia de te perder não parece assutá-lo muito...( olhando daqui de longe) Sei que essas palavras são como facas enfiadas no coração... eu compreendo e não iria perder meu tempo só com o objetivo de te magoar...eu realmente acho que fazer isso pode ser bom pra vc...

Ah! pense no lado bom! se realmente ele resolver tomar uma atitude, cair na real e seus amores forem mais fortes que tudo...vc larga tudo e vai pra correndo pra lá! caso contrário vc já tem uma plano traçado!

Desejo realmente que dê tido cero e que ele se toque!! Quero muito que vc fique bem!

Um beijão de irmã mais velha!

Ursinhu da Juh =] said...

oooo Carol que sitação hein =/. Tipo eu ja ouvi tudo isso da familia dele, que eles precisam estar com a vida pronta e estabilizada para pode casar, mas isso me tira a calma completamente porque nao estou a fim de espera 5 10 anos pra casar.
Carol EU ACHO que voce tera que pensar um tanto que friamente no assunto. Tenta analisar se o que ele esta dizendo tem fundamento. Se ele estiver dependente da familia dele e nao ti aceitarem, ele tera que se preparar para ser deserdado. Talvez ele esteja com medo justamente disso, de ter que se vira sozinho, assumir a responsabilidade, arcar com as consequencias. Mas é uma baita de uma sacanagi o que ele esta fazendo, porque voce largo tudo pra ficar com ele, e agora ele fica em cima do muro nao da.
Carol agora esta na hora de conversar com ele e ser muito sincera, e estar preparada se de repente voce tiver que deixa-lo. Tipo se voce tiver que sofrer, é melhor que faça isso deixando ele e depois o sofrimento passar, do que sofrer a vida toda Carol =/.


bjuuuu
fica com DEUS =]

Aline said...

"ter fé e ver coragem no amor" só um pedacinho de uma música pra te confortar...beijo

Tô nos 30 e agora????? said...

Oieeeeeeeeeee!!! Putz, que merda uma coisa dessas ... não imaginei que a história tava nesse pé. Minha opinião: faz a tua vida e pensa em ti sempre!!! Sei que é complicado, difícil massssssss temos q demonstrar um pouco de respeito por nós mesmas! Essa coisa de tu querer a ajuda dele e ele te fazer sentir pior ... tu não merece isso florzinha! E pensa assim, o que tiver de ser será. Entrega nas mãos de Deus, dá um gelo, te desliga um pouco de tudo isso e tenta ver do lado de fora. Concordo em gênero, grau e número com o que a Karla falou, é muitoooo complicado amar por dois, só tu querer fazer dar certo. Já pensou se ele casa contigo e depois fica atirando na tua cara que só casou pra não ti perder? Porque tu queria casar e não ele? Imagina o quanto tu vais sofrer vivendo em um outro país, sem ninguém pra te apoiar, sozinha, sem entender a língua ... ai pensa em ti flor e no amor que tu deves ter por ti em primeiro lugar!!!!
bjkas e torço pra que esse jogo vire!!!

Carol by Carol said...

Obrigada meninas
vou seguir os conselhos
acordei hj melhor
estava mudando de canal quando vi uns paquistaneses no Discovery Home and Healh, eh raro ver paks entao parei nesse canal.. ai ai era um programa de casamentos milhonarios,.. ai ai ver as tradiçòes so me deixou mais triste ahhhhhhhhhhhh foi lindo a cerimonia mais de 500 mil dolares usados...

uns com tanto outros com tao pouco..

Thaís said...

oi querida Carol...

quero te dizer que passei por isso, e vou falar com sinceridade é melhor cortar o mal pela raiz.... antes de mais nda...
Antes de encontrar meu Javed, namorei três aos, e sempre expuz minhas vontades sempre acreditei que pudessemos crescer e conquistar as coisas juntos..
MAs para ele antes de mim tinham coisas mais importantes (trabalho, curso, ter uma casa , um carro etc..)
Mas tem coisas que dependem das duas pessoas, eu me vi entre a cruz e a espada, sempre triste por não ter o compromiço da forma sonhada com ele, pois ele foi muito amado.
Simplesmente segui minha vida, sofri.. sofri, mas passou, hoje tenho um amor muito grande por ele, pois sempre foi muito especial e até hoje somos amigos e não há mais nada.
E se acredita que ele queria q ficassemos nessa situação sem previsão de mudança????
Mas vi que temos direito de procurar pessoas com os mesmos ideias.
Independente de ser ou não brasiliero ou paquistanes, são homens e temos que semrpe estar nos fazendo feliz antes de qualquer outra coisa.
Hoje estou feliz por ter percebido a tempo.... pq para o amor nunca é tarde demais voce recomeçar... o se permitir.

Mil bjus

Clara said...

Conselho,ai os conselhos...
Essa questão está muito dificil.Se for comparar com o que passei,não aconselharia insistir muito nessa situação,pois as famílias Pak são muito mais tradicionais do que você pode pensar.
Conheci um Pak na França, moro lá há 22 anos (estou de férias por 60 dias no Brasil).Sou cidadã Franco-Brasileira(isso me ajudou).
Resumindo:Casei e fui pro Pak, sofri muito preconceito, fui agredida moral e fisicamente.Engravidei e arrumei uma dsculpa para que fôssemos a França fazer exames,pois vc sabe que se hj ainda é limitado,a 20 anos atrás era bem pior.
Nessa eu consegui fujir dele,tive meu filho e em 12 dias tive que mandar ele pro Brasil com minha família,pois eles queriam levá-lo de volta ao Pak, mas o incrível é que de todo o amor inicial (02 anos e meio), nada restou,pois a intenção deles era só o menino para dar seguimento a família.
Meu filho hoje vive comigo na França e já tem a maioridade, assim sendo, não corre mais o risco de sequestrarem ele.
Eu não insistiria nisso,pois "o amor vem prá cada um" no tempo certo.
Cuide-se!

Clara

Carol by Carol said...

estórias tristes =(

Followers

Blog Archive

Search This Blog

Loading...