Friday, 4 September 2009

Surtei depois dos 20 anos... No que estamos ajudando o mundo?


Eu tenho 22 anos! Ok,.. crise!

Sou velha!

Não tenho nadaaaaaaaaaaaaaa, nadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

O que eu já fiz na vida? NADA

Parei pra pensar.. e percebi que não ajudo o mundo em nada, queria fazer parte de alguma ONG.. alguém recomenda uma?

Quero alguma coisa bacana, que eu possa me orgulhar, ajudar os outros,... ONG das amadoras à distância num vale... hehehe porque nem nas minhas pernas tenho aguentado..

Sabe quando você fica procurando um motivo pra levantar da cama ou pra viver? Tipo, ah eu tenho que trabalhar se não uma compra milhonária não será concluída.. ha ha ha, que nada, é só ligar na central que mandam outra igual à mim para ficar atendendo clientes bla bla, meu cérebro encolheeeeeeeeeee socorroorororoororoorororooro! Trabalho é trabalho, oks é honesto, oks paga as contas, oks me ajuda a viajar... masssssssss não aprendo nada de bom, aliás não aprendo nADAAAA

Não estou reclamando de barriga cheia, só que chaga um momento da nossa vida que agente quer mais, quer oportunidades, quer ter uma carrêira, perspectiva, sonhos, objetivos que nos satisfaçam.

Crise da meia idade....


11 comments:

Ursinhu da Juh =] said...

Olha ai Carol a Jarid eu uma otima ideia ate eu me interessei , mas e se voce de repente fizesse um curso na area de saude acredite isso ajuda muito muito muito muito as pessoas eu que estou no meio sei bem como é. E assim ai aonde voce mora nao tem projetos socias algo assim??? quem sabe voce poderia estar indo la pra ajuda =]


Muito legal sua iniciativa de querer ajudar Carol eu tenho 20 anos tambem penso como voce seu amis um no mundo nao esta com nada ne =]


Bjuuu
Fica com DEUS =]

Carol by Carol said...

Obrigada Minhas flores, quando chegar em casa vou dar uma olhadinha nos sites..
eh sabe, vida vazia? fui no mercado e pensei o que vou comprar pra me fazer feliz? olhei tudo e nda me deixou feliz! eh temporario.. preciso de algo maior

Thami said...

http://www.umtetoparameupais.org.br/


adoro seu blog!

Manahil said...

Ah que legal isso, www.pelavida.org, destinada a pesquisa cientifica para a cura da Leucodistrofia e outras doenças neurologikas.
Procure saber nos grupos de bairro,igrejas... sempre tem algo bacana pra fazer. :)

Mel said...

Carol,eu tbem estou me sentido meio que inutil sempre fui assim,,fazer o bem por querer mesmo,ajudando a quem precisa,botando a mao na massa eh o melhor a se fazer,ai em Sampa deve ter muitas opcoes,nao posso te indicar mas com certeza vc logo vai encontrar,quem me dera,aqui no Japao o povo eh meio enjoado,ninguem gosta de caridade,sao muito exageradamente responsaveis por si,um exemplo se vc tentar dar alguma coisa pra um mendingo ele sai te xingando,eh uma ofensa,ele escolheu ou foi o responsavel por essa situacao etals,ajudar a velhinha a carregar a sacola?Nem pensar,na casa do meu irao em Sampa eu ficava super bem de conversar com as criancas de rua e pagar sorvetes pra elas na padaria da esquina de casa kkkkkk.AHHHH Carol,levanta esse astral amore,saude eh tudo,pense nisso,beijoooooo.

Mariachiquinha said...

Crise da meia idade?? Menina!!!! Que que isso!

Esquenta não flor, de tempos em tempos a gente surta mesmo, seja aos 20, 25, 30 e por aí vai...

Quer se sentir útil? Esteja e seja próxima de quem "está" perto de ti. Dê um sorriso, um abraço, um bom dia, um sms... Você não imagina como isso faz bem para quem recebe. Parece tão pouco, mas não é não. Pode acreditar.

Você não precisa ir tão longe para estar tão perto.

Vivi said...

Carol, concordo plenamente com a Mariachiquinha. Às vezes o problema está na nossa própria casa, na nossa rua, no nosso trabalho e não percebemos. Com certeza, para muita gente, a sua presença, o seu carinho é extremamente importante. Fora que para ajudar as pessoas, você tem que estar muito bem com vc mesma. Digo isso porque o escritório que eu trabalho, inclusive eu, ajudamos um "orfanato" para crianças separadas dos pais por decisão judicial (Lar Bethania). No começo, ficava super mal depois de sair do orfanato, por pensar que reclamava da minha vida de barriga cheia e não é assim... cada um tem seu "karma" pra carregar e percebi que dava carinho pras crianças, mas tinha gente muito próxima que precisava também de mim... Fora isso, vc é super novinha.. que meia idade que nada!!!!!
Pense nisso!

maira molko said...

carolzinha, essa que já te indicaram, "um teto para o meu país", é fantástica!tenho uma amiga da facul que participa e adora. Tem o "instituto sou da paz", que foi criado por um ex-presidente do centro acadêmico xi de agosto, do direito-usp, onde estudo. essa também é bem legal.
outra coisa interessante é atuar na área de políticas afirmativas, como em movimentos contra opressões.o movimento feminista é uma coisa que eu descobri esse ano e me encontrei muito!lidar com questões como a violência contra a mulher, o machismo com o qual lidamos em nosso cotidiano, a divisão sexual do trabalho, que relega a mulher a posiçoes inferiores às dos homens, é uma discussão muito importante e que as vezes, no dia a dia, a gente deixa passar. se vc curtir essa área eu te recomendo a "marcha mundial das mulheres". http://www.sof.org.br/marcha/
eu pessoalmente amo militar na política mesmo, acabei de me filiar a um partido, participo de discussões de formação e tudo mais. acho que quando a gente resolve atuar pra incidir na realidade, buscar mudar aquilo que está errado no mundo, quanto mais a gente luta, mais a gente quer lutar. eu sei bem como é esse anseio de querer transformar a realidade, construir a mudança. se estiver na vibe de discutir política e falar do mundo, troquemos e-mails =P
boa sorte e tudo de bom
bjoo
maira

ɳυʀɑ Բɑтɛɱɑ said...

Carol te mandei um email(g mail)
do check it plz ok?
Abraço.

Iseedeadpeople said...

Carolzitcha, socorro digo eu! Se vc com 22 anos tá se achando velha, imagina eu com 35! A idade passa e a gente nem vê... a sensação que tenho é q dormi ontem com 16 anos e acordei hj com 35! Enfim...sempre vai ter gente mais velha e mais nova q ti, é parte da vida!

Agora, qto ao outro vazio, eu te entendo perfeitamente! Eu gostaria de fazer algo mirabolante e poder ajudar muita gente, mas tbm nem sei por onde começar! Já pensei em me filiar aos Médicos Sem Fronteiras. Acho o trabalho deles lindo e muito importante, q é levar saúde, nutrição e apoio psicológico ás vítimas de conflitos no mundo!
Mas penso muito no meu filho, jamais largaria ele pra ir arriscar a vida nas zonas de perigo. Quem sabe qdo ele tiver adulto... pra me consolar, de vez em qdo eu faço doações p eles e compro algumas coisas. O site é www.msf.org.br

Aqui na minha cidade eu ajudo animais de rua. Tem muitos cães e gatos abandonados.Através do Orkut e dos fóruns do Yahoo, eu conheci muitos protetores de animais e donos de abrigo.Sempre q posso ajudo com ração, ajudo nas feirinhas de adoção, levo animais pra castrar e resgato animais acidentados, etc. É um trabalho de formiguinha, mas me sinto muito feliz em ajudar nossos irmãozinhos de 4 patas. Sempre ando com um saco de ração no carro. Toda vez q vejo um animal de rua, dou ração p ele. E levo sachê whiskas na bolsa ;)

Ando pensando em fazer algum trabalho social com idosos e crianças, mas não sei ainda o que. Qdo eu era pediatra, eu atendia muita criança de graça. Mas agora esqueci tudo hahaa.

Carol by Carol said...

=)
Obrigadaaaaaaaaaaaaa
nossa vcs sao mto fofassssssssss
vou dar uma olhada em todos os sites

Followers

Blog Archive

Search This Blog

Loading...