Thursday, 25 June 2009

Até onde vai o Preconceito?

Quem namora ou eh casada com algum estrangeiro sabera do que estou falando. Quando contei que gostava de um paquistanês já veio logo a seguinte frase: - Um homem bomba? Cuidado hein!
Agora se eu dissesse vou me casar com um Americano, aposto que iriam me dizer: - Nossa hein! Se deu bem, ele é rico? Se fosse Italiano, ninguém perguntaria se ele era da mafia...hehehe
Até onde vai o preconceito das pessoas? Não seria ignorância?
Paquistão? É no Oriente Médio?
Nahi! (não) Paquistão fica na Ásia, sim ao lado do Afeganistão.. da China, da Índia, do Irã...
Ouvi muito da minha família, principalmente de uns tios meus, é muito complicado, mas me afastei deles, raramente visito meus familiares que moram em Jundiaí. Sinceramente cansei de ouvir que ele era homem- bomba, eu me segurava para não chorar... voltava pra casa jurando que nunca mais voltaria lá.

Decidi tocar nesse assunto, porque sei que muitas sofrem esse preconceito, não somente quem gosta de um paquistânes, mas geralmente quem gosta de um muculmano... isso tudo comecou depois de 11 de setembro..

Agora pela manhã estava lendo notícias e vi essa que me inspirou:

Policial entra com processo após chefe dizer que ele parecia Bin Laden (Foto acima)
Tariq Dost acusou Darren Yates de discriminação racial e religiosa.'Ele se sentiu desconfortável comigo por causa da minha aparência', disse.

O policial Tariq Dost entrou com um processo no tribunal de Birmingham, no Reino Unido, contra o seu chefe porque ele disse que Tariq parecia o terrorista Osama Bin Laden, segundo reportagem do jornal inglês "Daily Mail". Tariq Dost acusou Darren Yates de discriminação racial e religiosa devido às frequentes brincadeiras que aconteceram em 2007. O policial disse que seu chefe fez vários comentários discriminatórios contra ele por causa de sua raça, religião e crença. "Eu acredito que ele se sentiu desconfortável comigo por causa da minha aparência", afirmou Dost, que considerou a atitude de Yates altamente ofensiva, humilhante e discriminatória para ele e para todos os muçulmanos. O policial chegou a se queixar para seus superiores sobre o incidente, mas Yates recebeu apenas advertências por fazer comentários inapropriados e ofensivos. A maior punição que ele recebeu foi uma advertência por escrito.
No entanto Dost destacou que ele recebeu tratamento diferente por parte de seus superiores quando seu chefe o acusou ter feito comentários sobre seu desempenho sexual. Ele foi alvo de um processo disciplinar. Apesar de ter negado as acusações, Dost foi considerado culpado e teve que pagar uma multa de cerca de 3 mil libras.

obs: Para quem não sabe os Bin Laden era muito amigos da Família Bush, possuem muitos negócio...
Vi uma reportagem ontem, (blog Universal Discusion) contando que nos Estados Unidos as pessoas deveriam ficar de "olho" em quem era americano e muculmano porque se era muculmano significava que não era um bom americano... aff
No Reino Unido, muitas pessoas que tem a cor de pele um pouco mais escura são constatemente paradas por serem "susteitas"... meu professor de inglês no pak era britânico, porém de família paquistanesa e me contara que havia sido parado quase todos os dias, e que até mandavam ele para a delegacia, porque por ele ser "paquistânes" não havia possibilidade dele morar em um bairro tão bom de lá, então pelo fato dele estar lá era porque deveria estar armando alguma coisa... péssimo, porque ele realmente morava lá.
Um bom exemplo foi o caso do Jean Charles de Menezes, brasileiro, que foi confundido com um terrorista durante ataques na Inglaterra...
Brasileiros, sofrem constantes formas de preconceito na Europa, por exemplo, você mulher, solteira na faixa de 20 anos, tente ir para Itália, Portugal ou Espanha.. ou tente alugar um apê em Portugal, será muito difícil você conseguir sabe por que? Porque brasileira e solteira... é prostituta, desculpe, mas nossa fama lá é péssima!

10 comments:

said...

Eu ja cansei de ouvir isso, meus amigos falarem... "aaaaah, ta namorando o homem bomba!"... já ate chegaram em falar em ingles isso e ele entendeu. ELe achou foi graça.... rs

Mas eu no fundo, no fundo, nao ligo mto não, eu sei que é igonorancia das pessoas, e só me resta ignorar isso tudo. Eu sinto até pela pela falta de conhecimento que as pessoas tem, a acabam julgando o que elas nao conhecem...

Iseedeadpeople said...

Hmmm...é melhor que chamem seu namorado de homem-bomba do que de indiano fedido e pobre... pelo menos impõe mais respeito 9até mesmo pelo medo)

Iseedeadpeople said...

Agora... que esse policial ficaria muito melhor sem a barba, disso eu não tenho dúvida ;)

Jarid Arraes said...

SAT SRI AKAL.

Ih, eu acho que concordo com a fofa aí em cima, viu? No caso dos indianos falam que são fedidos, porcos, que moram com os ratos, que beijam vacas na boca, que tomam banho no Ganges, que são machistas e interesseiros. É um sufoco, principalmente agora por causa da novela. Muitas vezes chorei por causa desses comentários indelicados e preconceituosos... mas é o preço que escolhemos pagar, não?

Sabe, eu nunca achei que todos fossem homens-bomba, mas tinha sim um certo preconceito, pois sempre achei que a religiosidade era muito radical. Mas isso foi acabando e passei a encarar todos normalmente, e até admirar o Islamismo. Interessante, né? Todos nós só precisamos de chance para conhecer as coisas de verdade, e então passamos a ver tudo com olhos melhores.

Keep strong.
Beijão.

Josiane said...

Aadaab

Essa visão que a maioria tem é fruto principalmente da mídia que distorce tudo e repassa o lado que interessa a eles, os conflitos.
Sendo assim é pouco provavel que alguém tenha uma boa visão de paquistanes, indianos, etc...
Onde estudo, qualquer assunto que fale de Oriente Médio ou fundamentalismo islamico, as pessoas já olham para mim e falam
-Josi, responde ai do Paquistão
e como sempre, piadinhas e muita ironia...
Ja tentei levar na brincadeira e falava que se as brincadeiras não paracem eu iria colocar um homem-bomba na casa de cada um. hahaha
Anyway... não importa o quanto se luta para acabar com preconceito de pessoas ignorantes, mas o respeito de quem nos ama para a pessoa amada.
Bju

Marina said...

o Mostafa hj em dia tem gostado da fama... pq ele acha que deixa os outros com medo auhauha vai entender.

Jenny said...

pois é namoro um europeu e é como vc diz, acham que ele é rico e eu sou ****, é um horror :S

bjss

Pollyana said...

Gente essas piadinhas totalmente sem graça não passa de pura IGNORANCIA, falta de leitura e vou além falta de respeito.Em qualquer lugar do mundo existem pessoas que são crueis,que não tiram só a propria vida mas a do proximo tbm,que não gostam de tomar banho ficam fedorentinhos e tudo mais. Isso não é motivo pra vc apontar qualquer pessoa e fazer piadinhas ou criticas. Sempre que alguem faz alguma piadinha sobre o meu amor e o minha segunda casa (o PK) eu digo: Porque você não aproveita o tempo que esta gastando pra fazer essa piadinha com uma boa leitura sobre outras culturas??
E com relação a como somos vistos fora do Brasil,hehehe, somos o país que só tem futebol,bagunça no carnaval e as mulheres mais faceis do mundo.E ainda assim temos pessoas que se acham importantes o suficiente pra criticar alguem que nem conhecem.

Carol by Carol said...

com certeza esse pre conceito eh pessimo,...
ainda bem que com minha familia isso ja melhrou um pouquinho

ptorga said...

Essas piadas fazem parte da vida de quem é casada com árabe e muçulmano. Mas imaginem, uma conhecida minha, brasileira, casada com um holandês, após anunciar à família do rapaz que iria se separar, foi agredida, expulsa com a roupa do corpo e teve o seu filho sequestrado pelo pai e os avós. Foi um sofrimento que se arrastou por meses..... e o cara é europeu!
A ignorância leva as pessoas a acreditarem que a raça ou posição social é que constroem o caráter do ser humano.. ledo engano!
Abraços em todos, Salam!
Patricia

Followers

Blog Archive

Search This Blog

Loading...