Sunday, 16 August 2009

Paquistão acredita que líder do Talibã no país está morto

Segundo: http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2009/08/07/paquistao-acredita-que-lider-do-taliba-no-pais-esta-morto-757150139.asp


O Paquistão acredita que o líder local do Taliban Baitullah Mehsud, cuja morte ou captura tinha uma recompensa de 5 milhões de dólares dos EUA, provavelmente morreu junto com sua mulher e guarda-costas num bombardeio com mísseis há dois dias, disse o ministro do Interior na sexta-feira.

Uma fonte de inteligência na região do Waziristão do Sul disse à Reuters que o funeral de Mehsud já ocorreu. A imprensa paquistanesa também disse, citando fontes próprias, que o militante morreu.

- Ele foi morto junto com sua esposa e foi enterrado em Nargosey - disse a fonte de inteligência, referindo-se a uma pequena aldeia a cerca de um quilômetro do local do ataque, supostamente realizado por aviões não-tripulados dos EUA.

Diplomatas disseram que a morte de Mehsud representa uma importante vitória para o Paquistão, mas muitos duvidam que isso ajudará as tropas ocidentais no combate ao Taliban no Afeganistão. Mehsud estava mais voltado para ataques às forças paquistanesas.

- Suspeitamos que ele tenha sido morto em um ataque com mísseis - disse o ministro Rehman Malik - Temos algumas informações, mas não temos provas materiais que o confirmem.

Outros funcionários do governo assumiram o mesmo tom, precavendo-se contra a hipótese de que ele teria sobrevivido ao ataque. Já houve casos de dirigentes do Taliban que reapareceram depois de serem tidos como mortos, e alguns veículos de imprensa disseram, citando fontes do Taliban, que Mehsud ficou ferido, mas não morreu.

Mehsud se declarou no final de 2007 como líder do Taliban do Paquistão, reunindo cerca de 13 facções no noroeste do país. Seus homens já realizaram vários atentados suicidas dentro do Paquistão e contra forças ocidentais no outro lado da fronteira com o Afeganistão.

Ele era acusado de ser o mentor do assassinato da política Benazir Bhutto, em dezembro de 2007, acusação que negou.

Uma fonte oficial dos EUA disse à Reuters, sob anonimato, que "há razão para crer que os relatos sobre sua morte são verdadeiros, mas isso não pode ser confirmado a esta altura."

Bombardeios dos EUA contra o reduto de Mehsud no Waziristão do Sul se tornaram mais frequentes depois que o Paquistão ordenou uma ofensiva militar contra ele, em junho.

Fontes de inteligência e parentes haviam confirmado anteriormente que a segunda esposa de Mehsud havia sido morta no bombardeio que teve como alvo a casa do pai dela, num assentamento próximo a aldeia de Makeen, na região tribal do Waziristão do Sul.

Agentes de inteligência também coletaram sinais de que líderes de várias facções do Taliban pretendem se reunir para uma shura (conselho) na sexta-feira em algum lugar do Waziristão, possivelmente para escolher um novo líder.

Também na sexta-feira, confrontos entre os homens de Mehsud e uma milícia mais favorável ao governo mataram 17 pessoas na localidade de Tank, no acesso ao Waziristão do Sul.

No comments:

Followers

Blog Archive

Search This Blog

Loading...