Tuesday, 18 August 2009

Ramadã 2009


Ramadã irá começar mais cedo esse ano, agora dia 22/08, para conferir o calendário, veja no blog da Marina:



Para que não sabe, o Ramadã é o mês sagrado para os Muçulmanos, no qual se pratica o jejum diário até o por do sol. Eles acordam bem cedinho, antes do sol sair, fazem uma boa refeição. Depois seguem o dia normalmente, trabalham, estudam etc, somente não fazem nenhuma refeição o por do sol, nem água. Mulheres grávidas, amamentando ou menstruadas, doentes e crianças não necessitam fazer o jejum.


Acho que foi intuição, mas eu estava mesmo pensando em fazer jejum esse sábado heheheh


Depois de longas horas de jejum, toda famíla se reune para comer juntos e celebrar, pois no final de cerca de 30 dias um novo EID irá acontecer.


Mais informações aqui:
O Ramadão (português europeu) ou Ramadã (português brasileiro), também grafado Ramadan (em árabe رَمَضَان) é o nono mês do calendário islâmico. É o mês durante o qual os muçulmanos praticam o seu jejum ritual (suam, صَوْم), o quarto dos cinco pilares do Islão (arkan al-Islam)[1].
A palavra Ramadão encontra-se relacionada com a palavra árabe ramida, “ser ardente”, possivelmente pelo facto do Islão ter celebrado este jejum pela primeira vez no período mais quente do ano.
Neste período, é um tempo de renovação da , da prática mais intensa da caridade, e vivência profunda da fraternidade e dos valores da vida familiar. Neste período pede-se ao crente maior proximidade dos valores sagrados, leitura mais assídua do Alcorão, freqüência à mesquita, correção pessoal e autodomínio.
É o único mês mencionado por Deus nome no Alcorão.

É o nono mês do calendário islâmico. Uma vez que o calendário islâmico é lunar, o Ramadão não é celebrado todos os anos na mesma data, podendo passar por todas os meses e estações do ano, conforme a progressão dos anos, porém sua duração é entre 29 e 30 dias.
O mês inicia-se com a aparição da lua no final do mês de sha'ban (oitavo mês no calendário lunar muçulmano).

O jejum é obrigatório a todos os muçulmanos que chegam à puberdade. A primeira vez em que um jovem é autorizado a jejuar pelos pais constitui um momento importante na sua vida e uma marca simbólica de entrada na vida adulta[1], tendo em vista o que diz no Alcorão: "... e aquele dentre vós que presenciou a Lua Nova deste mês (Ramadan), deverá jejuar, e aquele que se encontrar enfermo ou em viagem, jejuará depois o mesmo número de dias...". Alcorão Sagrado (Surat Al-Baqara - C.2, Versículo 185).

Caso o jejuante comer, beber, ou ter relação sexual durante o período do jejum que é da alvorada ao ponte, o seu jejum será anulado. Caso este venha a quebrar inadequadamente seu jejum é obrigatório ao crente jejuar durante 60 dias seguidos ou alimentar 60 pessoas pobres.

O crente deve não só abster-se destas coisas, mas também não pensar nelas e manter-se concentrado em suas orações e recordações de Deus, sendo neste mês a freqüência mais assídua à mesquita. Além das cinco orações diárias (salá), durante este mês sagrado recita-se uma oração especial chamada Taraweeh (oração noturna).

Iftar
Ao término de cada dia, com o início do crepúsculo é obrigação do muçulmano quebrar o jejum imediatamente, mesmo antes da oração, suplicando a Deus Criador, segundo relato de Maomé as seguintes palavras: "Se foi a sede, hidrataram-se as veias, e se alcançou a recompensa, com a permissão de Deus". O iftar (árabe: إفطار) é o momento para reunir os membros da família e os seus amigos numa celebração de fé e de alegria. Após esta refeição, é prática social sair com a família para visitar amigos e familiares e reunirem-se para a prática da oração.
Atualmente, com a ampliação do diálogo interreligioso, algumas pessoas de outras religiões são convidadas a partilhar este momento de convívio e é cada vez mais freqüente que cristãos ofereçam e celebrem um iftar para os seus amigos muçulmanos, bem como muçulmanos oferecem a cristãos.



Gosto muito desse mês,jejum, orações, as pessoas ficam mais caridosas, mais religiosas, etc..
o único problema que penso é que será mais difícil dele conseguir um emprego agora, provavelmente as ofertas de trabalho só voltarão após o feriado do EID =( lá pro final de setembro, ou seja, mais um mês de incertezas!

5 comments:

Jarid Arraes said...

Carol linda, então, faltam 44 dias (1 a menos!) pra eu me mudar DEFINITIVAMENTE para a Índia! =D

Quanto ao Ramadã: tenho um meio-tio que ainda segue mais ou menos as tradições (a família do meu pai é da Arábia Saudita) e ele faz mais ou menos o Ramadã. MAIS OU MENOS, sabe? Hahaha.

said...

Nem me fale que o Ramadã ta chegando, sexta feira já começa aqui, pq mesmo começando dia 22, o jejum tem de começar da noite anterior, ou seja, tem de is na mosque por Fajr do dia anterior, especial esse ano que cai em uma sexta feira :)

Enfim, nao sei como vai ser o Ramadã esse ano, mas espero que tudo corra bem :)

Beijos!

Carol by Carol said...

Ve- acho que num hein
Eles acordam bem cedinho, antes do sol sair, fazem uma boa refeição. Depois seguem o dia normalmente, trabalham, estudam etc, somente não fazem nenhuma refeição o por do sol, nem água

Ci said...

Carolzinha ...
Happy Ramadan p ti flor!
Que Deus concretize seus sonhos e acima de tudo que seja muito feliz com o jaan:P
Beijo Ci

Mariachiquinha said...

Ano passado foi o meu primeiro Ramadã. Gente, foi dificílimo!!! Nem tanto por deixar de comer ou beber água, mas o meu corpo não reagiu bem. Tive muitas dores de cabeça, tontura, queda de pressão, enjoos (principalmente depois que acaba o jejum, até a água me enjoava. resultado não consegui fazer meu Ramadã inteiro. Nem se se irei conseguir fazer este ano, porque meu horário de trabalho e tenho medo de "passar mal" trabalhando. Mas vamos tentar, mas ver até aonde eu aguento.

Happy Ramadã!

Followers

Blog Archive

Search This Blog