Wednesday, 17 December 2008

Estoria Real- Mishy & Habi

Como foi pedido pela lindona Ju, e tb sei que eh do interesse de muitas de nossssss eis aqui sobre casamento no Paquistao. Esse material foi mandado pela Mishy =D obrigada ameiiii



Nossa história começou despretensiosamente através da internet (orkut) e depois de 2 anos e meio de muita conversa via msn, skype, emails, torpedos, webcam, sinal de fumaça e afins e uma visita prévia ao Paquistão pra conhecê-lo e tbm a família (janeiro/fevereiro 2007 e fiquei 11 dias entre Karachi e Multan), hoje estamos casados e muito felizes.

Mas é claro que nem tudo é tão simples quanto parece. Para chegarmos nesse estágio, tivemos que enfrentar não só as barreiras do tempo
, distância e idioma (por bem menos que isso, as pessoas se separam facilmente..eu mesma vi mta gente em Vilhena se casar e separar nesse meio tempo, casais `reais e normais`), mas também o abismo cultural e religioso que existe (ia) entre nós...Isso tudo sem falar que não é nada barato manter um relacionamento desses...rsrs

Na verdade o que aconteceu foi que houve muito foco e determinação de ambas as partes. A vontade de ficar juntos foi maior que qualquer obstáculo... Nada nos desviou desse objetivo, nem mesmo todas as dificuldades que tivemos que enfrentar (e que obviamente ainda vamos enfrentar)...
Enfim, depois de todo o planejamento necessário e muito bla bla bla no meu ouvido, eu fui para o Paquistão sem saber exatamente o que me esperava lá. .Mas, ao contrário do que eu esperava (eu esperava uma coisa muito simples), a coisa tomou proporções gigantes e no final das contas, acabamos casando com tudo o que tínhamos direito. Fui muito bem aceita e muito bem recebida por todos, ganhei inúmeros presentes (inclusive jóias), mas o meu maior presente sem dúvida, foi ter ganhado uma nova família, que me acolheu com muito carinho e atenção e claro, estar finalmente casada com meu grande amor. Agora toda a família me conhece e aparentemente gostam muito de mim, especialmente meu sogro que é uma grande figuraça, médico. Ele tem sua própria clínica e vai construir um hospital em Multan. Ele é também figura influente no cenário político local. Enfim, tive um tratamento 5 estrelas...Claro que eu tive que fazer algumas concessões, como adotar um novo nome (Mishal que significa "A luz" ), usar as roupas de lá (véu, etc)...
Mas, como diz o ditado: `Em Roma, como os romanos`, fiz tudo de bom grado, porque tudo isso diante do que representa toda essa historia p/ mim, são detalhes mínimos...
Lá tive a oportunidade de conhecer cores e sabores exóticos, inimagináveis no Brasil, e também lugares realmente de tirar o fôlego (Muree, Burbhan, Cashimir, que foi a região montanhosa onde passamos a lua de mel...a propósito, perfeita...e ouvi dizer que esses lugares não são `nada` perto de outros que tem no Paquistão)..Estivemos ta
mbém em Islamabad, capital do país, muito linda e muito parecida com Brasilia inclusive e tbm Lahore, capital cultural do Paquistão...

Embora esteja passando por uma fase política bastante conturbada no momento, mas graças a Deus, enquanto eu estava lá, nada de errado aconteceu.
Aliás, COME TO VISIT PAKISTAN...altamente recomendo se voce ama a natureza e quer conhecer de perto alguns dos lugares mais lindos do mundo ...Claro que tem todo o lado da pobreza do país, tem essa parte do terrorismo infelizmente, mas no geral, ao contrário do que se pensa e a mídia faz questão de ressaltar, o povo é altamente amistoso e receptivo...Recebem muito bem os estrangeiros, sempre com flores, bolos e mta comilança...(Estou falando das pessoas normais de lá e não da meia dúzia de loucos fanáticos que fazem todo aquele rebuliço no país...)


Etapas de um casamento tradicional Paquistanês (eu passei por todas)

  • Engagement (noivado) 21/08 - Normalmente é feito muito tempo antes (às vezes até anos antes), mas no meu caso, por motivos óbvios, foi feito na mesma semana do casamento. Ganhei um anel de ouro com brilhantes dos pais dele. E o interessante é que quem coloca o anel no dedo é a sogra e não o noivo...lo

  • Mehndi (Dia da Henna) 22/08 - é quando pintam as mãos e os pés da noiva com lindos desenhos de henna. A noiva usa uma roupa amarela (no meu caso, numa feliz coincidencia, verde e amarela...)...As mulheres se reúnem, cantam e dançam. É um dia bem alegre, divertido e colorido. Depois as mulheres colocam uma espécie de óleo na cabeça dos noivos, um pouco de henna na mão e dão doces na boca e também dinheiro...

  • Nikkah 23/08 (manhã)- União Oficial, quando assinamos os documentos na presenca dos sheiks. Depois disso estamos oficialmente casados.
  • Valima 23/08 (noite)- Festa/Jantar para os convidados (homens e mulheres separados durante o jantar, a noiva fica como se fosse num altar e o noivo em outra sala/compartimento/salão com os convidados homens e só no final ele se junta à noiva para as fotos e etc)...No final desse processo todo, o noivo vai com a noiva para a casa e enfim, podem ficar juntos...( São as fotos onde eu estou com o vestido vermelho...)
Aqui tem mais fotos
Enfim, tudo o que aconteceu comigo parecia um sonho, de tão maravilhoso e perfeito que foi...Simplesmente mágico!!! Desde a aceitação da família, os rituais, as viagens e ele em si, que é tudo o que eu pedi a Deus. Simples, honesto, bom caráter, inteligente, talentoso, carinhoso, fiel... sem falar que é lindo de viver né hihihih...=P

15 comments:

Mr Wiii said...

I don't know Portuguese :(:(

Alexandra said...

Oi Carolllll adorei seu blog e sabe gostaria de saber se no paquistao pode ter bjo na boca antes do casamento?

Bjossssss

sheila alvarenga gogoi said...

Lindooooo!!!

Que casal mais fofo, tudo de bom!!!

Estou há 1 ano com meu indiano, com muuuuuita dificuldade, mas passaria por tudo novamente, pq cá pra nós, estes homens são maravilhosos!! (vide meu post "P q amamos os gringos?" )

Mariachiquinha said...

Eu adoro uma música da Legião Urbana que diz assim... " Quem um dia irá dizer, que não existe razão nas coisas feitas pelo coração..."
Amar a distância, viver um relacionamento a distância não é nada fácil. só quem vive uma situação semelhante para entender como cada pequeno gesto tem uma importância maior que tudo.

A Eve, a Carol e outras meninas que eu conheço são exemplos de amor e determinação. :D

bruna_mr said...

Tenho um relacionamento a distância com um paquistanês e sei o quão difícil é. Para um final feliz, já possuo metade dos ingredientes, no entanto ainda me falta a maior das batalhas... Ainda tenho uma longa estrada de pedras no caminho. Eu só queria que Allah pudesse me ajudar agora.


Essa não é a única história de amor que conheço no estlo. Minha melhor amiga casou-se com um chileno e vive muito feliz. Se alguém quiser passo o contato dela.. e verão que para o amor não existem limites.

Carol by Carol said...

MR Wii - muah

Alexandra- OI obrigada! poder num pode, por causa da religiao, mas a maioria deles dao uma escapadinha hehehhehee
bjss

Sheila- eeeee vai dar tudo certo

Chicosa- eh verdade relacionamento a distancia eh fogo

Bruna-oi Bem- vinda
obrigada

Jules said...

Bom, no final das contas, ninguém melhor que a Eve pra descrever um casamento à la Pak.
Não me canso de ouvir, jamais.

As dificuldades sempre existem, mas o que nos faz vencer tais barreiras é o amor acima de tudo. O resto está em anexo.

:D

Ps: Carol janu, desculpa não enviar o texto... pifou tudo aqui :( Aff!

Mel said...

Mishal e Habi sao perfeitos,feitos um para o outro,soh tinha que dar nessa linda historia mesmo,parabens!!!!!!!!!!!!!!!

Mel said...

Mishal e Habi sao perfeitos,feitos um para o outro,soh tinha que dar nessa linda historia mesmo,parabens!!!!!!!!!!!!!!!

Carol by Carol said...

JU, me ajuda a montar o post descrevendo cada parte dos casorios e roupas ok? vou fazer um novo ost em breve
Mel- tb quer colocar sua historia?????????????????????????????????????????

Tahessin said...

Lindinhos!
Deus abençoe!

Annah said...

Que linda sua história Carol.
Muito linda mesmo. Chega a dar esperanças.
Amei.E serão felizes para sempre.A verídica história.

Sâmia said...

Com certeza... ler tudo isso aqui no blog, e essa história me ajudam a ter mais esperança, porque não é nada fácil relacionamento à distância com um Pak... e acho que com qq outra pessoa. Obrigada por esse blog maraaaa.... Bjsss...

anny said...

oi gostei muito de saber sobre essa história, seu casamento sobre a sua ia pra o paquistão, e fiquei muito emocionada, pois eu converso com um rapaz do paquistão faz um bom tempo ja, e eu a amo muito e diz ele que me ama tambm, e dis que quer vim me buscar aqui no Brasil e quer casar comigo, ele liga pra mim e ja conhecir alguns da familia dele pela web, todo dia nos falamos e quando ñ posso entrar na net ficamos agoniados para falamos e nos vermos pela web, ja apresentei a toda minha familia pela web, minha mãe gostei dele meu pai tambm todos da minha casa, e o que eu mais quero é que ele venha mesmo ao Brasil. Vi oq ue vc falou que foi vc em foi pra o Paquistão vc não teve medo?
tambm algumas pessoas daqui diz que faz medo eu ir pra lá, mais so vou se ele vim aqui me buscar ir sozinha não tenho coragem.
vejo que ele é muito diferente dos homens do Brasil e acho que foi isso que me fez ficar encantada por ele.
Nos até ja choramos juntos pela web, pois ele estava em Portugal e foi pra o Paquistão onde ele nasceu e toda sua familia mora lá e ele só vai voltar pra Portugal em janeiro agente pensava que ñ iria conseguir nos falar por causa do horario que é bem diferente do Brasil e por isso bateu aquela tristeza na gente e começamos a chorar.

Bom espero que você responda as perguntas que te fiz xau

Taise said...

Nossa como você estava linda. A cerimonia de casamento foi linda. Gostaria eu de me casar um dia. Mas se eu me casar quero que seja pra sempre, não quero me separar como aconteceu com o rapaz que você falou antes no "Divorcio", não gosto de separação, já basta meus pais serem separados e eu não morar nem com um nem com outro.

Followers

Blog Archive

Search This Blog

Loading...