Monday, 30 November 2009

O Holocausto ainda não acabou

video

Imagens fortes, porém reais

Vejam o que Israel está fazendo com os Palestinos..

link no youtube http://www.youtube.com/watch?v=6r3jj7krZkQ (postem seus comentários)

11 comments:

Uma maluca said...

A história se repete...
Os cristãos na inquisição e nas cruzadas puseram em pratica tudo o que aprenderam nos anos em que foram perseguidos pelo imperio romano...
Parece que agora os israelenses estão fazendo o mesmo...
Acho que todos deveriam aprender um pouco com o sofrimento dos antepassados e ter um pouco de compaixão com o proximo, mais tolerancia...

muçulmana said...

Parabéns, Carol, pela coragem de mostrar a outra parte, "esquecida" pela mídia.

Paz no mundo a todos os povos.

Verônica said...

Pois é, os judeus se queijam tanto de terem sido massacrados no Holocausto e, até, e ainda hoje promovem um Holocaustozinho particular as custas dos palestinos...É o sujo falando do mal lavado!E ainda arrisca quem fala isso ser tachado de anti-semita!
Abç.
Verônica.

Carmen Eliza said...

Hoje estou de luto! Tenho vergonha dos Suiços! Estou indignada. Por quê?
Na Suiça, o Partido do Povo, de extrema direita, promoveu o seguinte plebiscito: PROIBIÇÃO DE CONSTRUIREM NA SUIÇA OS MINARETES, QUE SÃO AS TORRES DAS MESQUITAS MUÇULMANAS.
Pois bem, o Plebiscito obteve o Referendo Popular - 57% da população aprovou a proibição da construção de minaretes - indo contra a orientação do governo suiço, de que a população não deveria aprovar tal absurdo.
Não tenho mais palavras. Isso é o cúmulo da discriminação contra os Países Islâmicos.
Só posso orar para que Deus promova a Paz entre todos os povos, culturas e religiões.
AssalamuAlaikum!

Carmen Eliza said...

Today I am in mourning! I am ashamed of the Swiss! I am outraged. Why?
In Switzerland, the People's Party, far-right has promoted the following referendum: ban on building minarets IN SWITZERLAND, WHICH ARE OF TORRES Muslim Mosque.
Well, the plebiscite had the Popular Referendum - 57% of the population approved of the ban construction of minarets - going against the guidance of the Swiss government that the people should not approve such nonsense.
I have no words. This is the height of discrimination against the Islamic Countries.
I can only pray that God promotes peace among all peoples, cultures and religions.
Assalamualaikum

Carmen Eliza said...

Carol!
Você pode me mandar por e-mail a URL do Vídeo: O Holocausto ainda não acabou.
Pesquisei no Youtub, mas não encontrei. Gostaria de adicionar esse vídeo aos meus Vídeos Favoritos do Orkut, como também mandar para o meu amigo Francis, que é paquistanês.
Desde já te agradeço!
Allah Hafiz!

Carol by Carol said...

http://www.youtube.com/watch?v=6r3jj7krZkQ

Camila Flavia said...

Oi Carol, esta é a primeira vez que vejo o seu blog. Muito interessante! Bem, eu tenho um blog no qual escrevo sobre henna (mehandi) e estou justamente escrevendo sobre a Palestina. Ainda não consegui terminar pq gostaria de falar somente da henna inserida nesta cultura, mas tenho tanto nojo da política israelense, que é impossível não tocar no assunto. Os que foram as maiores vítimas do nazismos, tornaram-se eles prórpios nazi-fascistas! Isso é revoltante! Parabéns pelo Post!Bjs

maira said...

carolzinha e outras,
ia comentar aqui justamente sobre o caso da proibição dos minaretes na suíça.

acho que estamos aqui diante de dois problemas: o primeiro é a xenofobia e dentro deste, a islamofobia. em tempos de consagração dos direitos humanos, cujo principal mote é "igualdade na diferença", verificamos um verdadeiro retrocesso socio-cultural nesse tipo de manifestação preconceituosa. lança-se mão desses mesmos direitos humanos e da democracia para se justificar práticas autoritárias e segregativas como a que verificamos na suíça ou então na frança, com a proibição do uso do hijab.

a questão de israel é mais problemática, pois, para além de um problema de opressão a minorias, verificamos um dilema muito mais complicado: ambos os grupos sociais que protagonizam este embate se reconhecem como oprimidos e vítimas históricas da opressão de outros povos.

é, entretanto, inegável que a disputa em israel é muito mais complexa do que um conflito étnico, principalmente pela disparidade sócio-econômica em que se encontram os dois lados. O apoio declarado da maior potência econômica da atualidade a Israel eleva este conflito a um patamar muito mais problemático.

o conflito em questão de certa forma sintetiza e cataliza a situação limite em que se encontra a religião islâmica na atualidade, mas ela não se reduz a esta situação.

obviamente não tenho aqui a pretensão de oferecer soluções para uma situação tão aterradora e complicada. apenas acredito que é em momentos como estes que nos deparamos com a fragilidade de certas idéias pretensamente universais, como democracia e direitos humanos.

Isso porque em muitas situações podemos incorrer no erro de tentar transpor nossos valores para culturas completamente diversas da nossa, na hora de julgar e atribuir juízos de valor a situações, problemas e pessoas. E a universalidade desses conceitos não é tão clara assim...

o que é democrático para uns pode ser autoritarismo para outros, o exercício da liberdade de uns pode implicar no cerceamento da liberdade de outros...

e aí, o que fazer?
eu não tenho a menor idéia e às vezes passo horas tendo crises existenciais sobre isso =P

parabéns pelo blog, carol!sempre sucitando discussões interessantes!!!
beijos
ma

maira said...

http://eumeioassimseila.blogspot.com
inventei de entrar nessa heheh
daqui a pouco vai tomando forma

Carmen Eliza said...

Carol! Obrigada por ter postado o link do Vídeo.
O nome correto do meu amigo Paquistanês é: PRINCE (NÃO Francis) - Desculpe o erro.
Assim que for possível, vou postar mais um Comentário, discutindo outro ponto de vista.
Obrigada!
*********
Carol! Thanks a lot for your Post about Video's link.
The correct name of my frind Pak is: PRINCE (NOT Francis) - Sorry by our mistake.
As soon as possible, I will post another Comentary, discussing another point of view.
Thank you!

Followers

Blog Archive

Search This Blog

Loading...