Thursday, 19 February 2009

Não foi você?


As coisas andam, correm, voam.. aff
eita povo futriqueiro esse..
Fui ao dentista, e não é que até ele sabia que eu tinha ido ao Paquistão?????
Depois passei na costureira e a dona também sabia?
Eu percebi que a vizinhaça me olhava meio torto mesmo, mas achei que fosse pela minha nada cor de verão..

até que ouço:
- Hey não foi você que foi para.... hmm afeganistão né? menina você é louca, quer matar sua mãe?

eu respondo sem graça:
- he he he PAQUISTÃO, fui para o Paquistão... na Ásia.. ÁSIAAA não no Iraque (pois, é tem acha que é continente, sei lá), nem Afeganistão.

-Menina, mas o que você foi fazer lá?
.... tempo para pensar...
(vou andar com um mapinha da próxima vez)

- E você se cobriu? Assim desse jeito você não podia se vestir né? ( estava de legging)

- Foi tranquilo, estava bem frio, usei só um scraf para fazer um charme...




- E as guerras, é perigoso????????????????????? (quantas guerras tem?)


- Não tem guerra... é mais seguro que aqui, aqui tenho medo de atender o celular, tenho complexo de perseguição, acho que todos vão me assaltar (trauma de cidade grande).

- Ah sim sim...

( a pessoa se cala, ou fica sem graça, eu com um sorriso amarelo e com a maior paciência do mundo, pronta para desenhar....)

Isso aconteceu comigo até no avião...

Estavamos eu e Maria falando dos bofes, quando um casal com uns 40 e poucos anos nos cutucam e perguntam aonde iriamos.. e a cara de todos foi igual quando dissemos: PAQUISTÃO

-Cuma? Vocês são loucas??????

( isso porque era um casal super viajado, ouvimos suas estórias, e ainda fomos obrigadas a ouvir que os Árabes sõa todos iguais.. /pak= arabe, anota/ muito familia, porém muito machistas, mulheres não trabalha.. bla bla bla

engulo a seco, e respiro, bom não é bem assim, deixa pra lá, eu não vou ficar 13 horas de voo a explicar....

e ainda complementam:
- Menina, você tão nova, bonitinha vai se jogar no mundo? Não tem homens no Brasil? Olha tenho 2 filhos, se você quiser posso te apresentar.. bla bla Não faça isso, não estrage sua vida, toma cuidado...

eu roxa..

-Não encontrei homem bom pra mim..

- Mas você é muito nova, ainda dá tempo. Meu filho tem 24.

...
(ai)
- Pois é, existem casos e casos num? Ele é um doce, amo muito, muito diferente dos homens brasileiros, que aliáis nunca confiei em nenhum..
Então se cansaram e nos deixaram em paz.
Por tantas e outras que eu me calo e concordo, ou melhor, nem nunca mesmo digo que amo um Paquistânes ou que fui ao Paquistão...


O jeito certo de se responder é:
- Eu e ele vamos lutar contra os Estados Unidos na fronteira do Afeganistão, seremos homem/mulher bomba...o que é meu sonho desde pequena sabe? Prática muito com minhas barbies....
lá lá lá

5 comments:

pamella said...

passei pela mesma coisa quando voltei do haiti.. hahaha :D ... liga não que no final é tudo inveja... :) mas fala ae.. é incrivel como as noticias voam... gente do céu!!! hahahahahahaha :D

Marina said...

Carol, eu e mostafa ja estamos aqui ha um ano e meio, e te digo: melhor jogar no lugar comum do povão mesmo, pq explicar e explicar cansa...

o mostafa hj, qdo já vem com as perguntas idiotas, responde mesmo: ahh sim, eu tinha treinamento de bomba na escola, tenho mais 3 esposas, uma em cada país; minha mulher faz tudo que eu mando; minha mae ficou no Egito cuidando dos meus camelos.... pior q os idiotas acreditam ehehehehe Ja cansamossssssss e ele mais ainda, então entrou na onde e posso te dizer q pelo menos agora ele dá risada todo dia!

Carol by Carol said...

huahuahauhuaauha eh o jeito

Mariachiquinha said...

Carol diz:
- Eu e ele vamos lutar contra os Estados Unidos na fronteira do Afeganistão, seremos homem/mulher bomba...o que é meu sonho desde pequena sabe? Prática muito com minhas barbies....
lá lá lá

Arrasou!!!!! hahhaa! :D

Tahessin said...

Ri demais com a conversa!
Fico besta com a capacidade das pessoas, é com cada coisa que você ouve que dá vontade de dar um tiro no pé!
Depois ninguém entende quando você se revolta e manda lavar garrafa!
Xoxo

Followers

Blog Archive

Search This Blog