Saturday, 7 February 2009

Realmente não sou brasileira/ I am really not Brazilian


Desde que eu nasci sabia que não pertencia a este lugar hahauhaau
Não foi um amor de internet, nem uma lavagem cerebral de um paquistânes que me fez mudar, ou algo do tipo.
Quando era mais nova costumava frequentar piscinas, praias, danceterias, mas sabe quando aquilo não te complementa?
Eu ia mesmo porque todos iam, porque ser bronzeada era tudooo... mas só por isso mesmo.

Since I was born I knew I didn't belong this place lolz
Wasn't a love from internet, not even a brain wash from a Pakistani that made me change, or something else.
When I was younger I used to go to pools, beaches, dance clubs, but do you know when you don't feel complete??
I used to go because everybody used too, cause to be tanned was the wowo.. just 'cause of it.

Agente acaba deixando de fazer muitas coisas por eles não?
Para mim foi somente uma escolha natural, já era algo que não me agradava, coisas que não me fazem falta sinceramente.
Mas, para algumas mulheres pode parecer uma impossição do amado: Não use decotes, tire suas fotos de biquini do orkut(por que as brasileiras sempre tem fotos de biquini???), não vá a danceterias, não vá a praias, etc... Alguns até mesmo pedem para se converter ao Islam.
No começo pode parecer tudo lindo, o amor é lindo, cego.. mas o tempo vai passando agente começa a pensar: - afinal o que eles deixaram por nós?

We stop doing a lot of things because of them, right?
For me was a natural choise, it was already something that didn't please me, and truly I don't miss.
But, to some women its like an imposition from the loved: Don't wear low-neck clothes, delete your bikini pictures from orkut(Why most of Brazilians have always some picture wearing bikini?), don't go to dance clubs, or beaches, etc . Some of them obligated the girls to convert to Islam.
In the beginning everything seems nice, love is beautiful, blind... but as time goes by, we can start thinking:- After all what they did for us?(give up)

15 comments:

Jules said...

Carol, tu é a irmã que eu não tive.
De certo viemos deste lugar misterioso e não nos encaixamos nos padrões brasileiros. :P

Júlia said...

Oie!!! Só para complementar de que vocês não estão sozinhas!
nesse final de semana fiquei questionando isso dentro de mim. será que sou eu que não me encaixo nisso tudo ou eu é que estou me excluindo da minha própria vida?

bjkas ....

sheila alvarenga gogoi said...

Carol, não acho que deixar de usar decote e estas coisas q vc citou são exemplo de machismo... trata-se apenas de respeito com o seu companheiro. Eu mesma, desde q passei a me rewlacionar com meu noivo, comecei a ter um comportamento mais discreto. Nunca gostei mesmo de usar roupa vulgar, mil kilos de maquiagem, beber, fumar.. e graças a Deus encontrei um rapaz que tbm abomina isso tudo!

Mas acho q o respeito deve ser via de mão dupla... os inds e muçulmanos merecem ser respeitados pq eles (na maioria dos casos) respeitam a companheira! Já os brasileiros... uma cambada de machão: reclamam qdo a mulher bota um shortinho, mas são INCAPAZES de levar um relacionamento a sério e não trair. Logo, eles não tem a menor moral pra cobrar certas coisas!

sheila alvarenga gogoi said...

Tbm tenho a impressão q nasci no lugar errado... tenho NOJO qdo vejo a Globeleza nua na TV, NOJO qdo vejo as periguetes mostrando a bunda, se entupindo de silicone, NOJO desse comportamento de ninguem-é-de-ninguem e desse povo beijando quem nem conhece nas festas... muita coisa aqui é RIDÍCULA.

Ci said...

Ahhh!!! Impossível não comentar esse post! Também me sinto assim!!
Como as algumas pessoas conseguem achar graça em comercial de cerveja em época de carnaval aquelas coisas mais ridículas de insinuação de sexo-fácil e os homens babões ainda achando o máximo falar baboseira idiota???
Tem umas que já começam dizendo "brasileiro é assim..."
nossa, é muito nojento...
Bem, então eu não sou a única a pensar isso!! Êêeeh, já é um consolo!

Mel said...

É uma pena mas da uma vergonha ser brasileira muitas vezes,nao que eu ache correto o modo de vida das paquistaneses tbem,mas fico sempre com a cara no chao qdo meu marido pega alguma cena da tv com mulher rebolando,ou um filho xingando os pais,tantas coisas que ele faz questao de me mostrar e eu tenho que ficar quieta,eu sou japonesa ta gente,falo portugues pq acho a lingua bonita.

Ci said...

Meninas, vocês também ouvem comentários bem intensionados, a exemplo da personagem da Marjorie Estiano, cujas amigas dizem que ela ser séria, tímida, estudiosa discreta é um defeito? Que pra 'arranjar alguém' tem que 'liberar' a sensualidade, usar roupas provocantes, maquiagem 'ousada' (bem, ser outra pessoa)??
É, eu ouço. (de brasileiros, lógico).
Beijooss

Jules said...

Ci, já ouvi esse tipo de comentário sim!
Cheguei a me ofender na verdade.
Teve uma época que até pensei 'vai ver que sou bicho do mato mesmo'...

E Sheila... também tô na lista do asco à globeleza.

Dou graças a Deus por ter achado o maridón paquistanês e ele ser muito decente e, bem, muçulmano. Que.. querendo ou não já diz bastante coisa.

Esses dias estava na parada de ônibus em Porto Alegre. Um calor infernal e eu firme e forte com a minha dupatta por cima da blusa de alcinha....
Aí chega uma vizinha e na maior cara de pau fala: Que horror guria! Tu não tá com calor toda coberta desse jeito?! Tira isso e mostre os predicados, aproveita o verão!
Fui grossa. Não tô com calor. E acho ridículo sair com as tetas a mostra.
Simata sua baranga. Argh!

Mariachiquinha said...

Eu sempre fui o E.T. da família. Hiper tímida, nunca gostei de ficar mostrando meu corpo em roupas decotadas, detesto biquini (e maiô), não fumo, nem bebo. Traduzindo, para muitas pessoas eu não sei viver, sou louca...

Carol, Jules, Ci, Sheila.... eu também não sou daqui.

sheila alvarenga gogoi said...

Bom, bikini eu uso pq faço natação (e acho q jamais seria muçulmana por conta disso hahaha) mas nada enterrado no fiofó hehehe!

Aaah eu fico retada qdo a Tonia da novela tira os óculos e se enche de maquiagem... como se ser recatada e CDF fosse defeito! Tbm já sofri muito com isso...uso óculos (nas fotos eu tiro rsrsr), o cabelo preso, e só um brilhinho na boca, e as pessoas ficam querendo q eu tire os óculos, solte o cabelo e vire uma "tigresa" !!! Caraca, é dificil entender que EU NÃO SOU ASSIM?

"Que horror guria! Tu não tá com calor toda coberta desse jeito?! Tira isso e mostre os predicados, aproveita o verão!" ---> essa foi podreeee, ainda bem q a resposta foi á altura!!!

Carol by Carol said...

Meninas amei ler os comentários de vocês, é bom saber que ainda existem brasileiras que salvam o nome do Brasil hehehehe
è melhor para agnt pq com uma relação com uma pessoa de uma cultura tão diferente agente sobre menos com o que tem que deixar de lado.
O que eu gostaria de saber é o que eles abriram mão por nós?


obs: haverá um tópico sobre o carnaval heheee

тhαmαяα said...

hmm sempre pensei que nasci no lugar errado e achava que so eu tinha essa impressao.. hehehehe mas descobri q nao sou a unica..bom,Nunca gostei de bronzear, prefiro eu na versao naural.. hehe
Ate hj nao deixei de fazer nada pelo meu beibe, sempre fui meia 'antiquada' para os padroes da minha idade. Nossa, agora acho q nao sou brasileira, pq nunca postei fto minha de bikini, e acho mt sei lá mt intimo pra colocar no orkut.. hehe Acho q nao vale a pena mudar 'radicalmente' por uma pessoa pq a pessoa te conhece de um jeito entao pq mudar??ela tem q gostar do jeito q vc era, e nao te moldar pra gostar.. acho isso paia.. e dps desse topico,minhas duvidas aumentaram:de onde será que sou ?? hehehehehehe

sheila alvarenga gogoi said...

Olha Carol, ele tá abrindo mão de muito mais coisa por mim do que eu por ele, já que ele vai se mudar p cá pro Brasil e ainda a família dele é contra!

Resumindo, até agora não precisei abrir mão de nada. Sei que talvez a coisa pese qdo ele se mudar pra cá e ainda não tiver arrumado emprego. Mas por tudo que ele representa pra mim, o mínimo que eu posso fazer é "sustentá-lo" por um tempo, pq sei q ele faria o mesmo por mim ;)

tacy said...

oi carol,eu sempre quis ter um blog mas nunca havia encontrado uma espiração,mas quando li seu blog era como se minhas palavras estivessem escritas ali.eu cansei desses homens brasileiros que so querem beijar e passar,encontrei num paquistanês o meu verdadeiro eu.Espero trocar ideias com vc.

beijos se cuida!!!

tacy said...
This comment has been removed by the author.

Followers

Blog Archive

Search This Blog

Loading...